Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Modernidade?

Leo Daniele

Modernidade

Já ouviu em algum lugar o seguinte pensamento, ou um semelhante? “Em uma religião que vive, nada existe que não seja variável e que não deva variar”.

Em consequência, “o dogma, a Igreja, o culto, os livros que veneramos como santos e até a mesma fé, se não queremos que tudo isto se encontre entre as coisas mortas, têm que se submeter às leis da evolução”.

Trata-se de uma frase equivocada, repreendida e condenada como modernista (D2094), pela encíclica Pascendi do Papa São Pio X (1907). [Na foto, sua imagem na Basílica de São Pedro em Roma]. Ele não só condena a sentença transcrita acima, como também descreve algo que talvez já tenhamos visto: um fingimento interessado. Eis o que diz São Pio X:

“Esses modernistas continuam no caminho empreendido; o continuam mesmo depois de repreendidos e condenados, cobrindo uma audácia incrível com o véu de uma submissão fingida”. Isto porque, “necessitam permanecer dentro do recinto da Igreja para mudar insensivelmente a consciência coletiva”(D2095).

Ou seja, tais pessoas fingem-se de católicas para melhor influir internamente na Igreja.

Comenta Plinio Corrêa de Oliveira as palavras do início deste artigo: “Em uma Encíclica famosa, Pio X condenou violentamente este mal, e fez ver a todos os fiéis que, se as mãos de um Papa e de um Santo sabem ser maternais para cicatrizar as feridas dos que sofrem, sabem ser pesadas como montanhas, para esmagar erros e matar heresias. 

“A Enciclica Pascendi Dominici Gregis, contra o Modernismo, é dos documentos mais edificantes de Pio X. Suas páginas ardem e vibram de santa indignação. Tomado de um zelo sobrenatural pela Casa de Deus, o Santo Padre denuncia com palavras de fogo o veneno que escorria sub-reptício ‘dentro das próprias veias da Cristandade’, e com uma precisão admirável, ponto por ponto, denunciando os subterfúgios, esmagando as alegações falsas, e deixando a nu toda a vileza dessa corrente que era, segundo suas expressões, a ‘súmula de todas as heresias’”.(1)
____________
1. “Legionário”, 14-3-1914. Esperada para breve a beatificação de Pio X.

Leo Daniele é colaborador da Agência Boa Imprensa (ABIM)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *