Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

“A marcha vitoriosa dos que têm Fé”

Paulo Roberto Campos

Agencia Boa Imprensa

Entre tantos aspectos evocativos que esta cena desperta, um saltou-me aos olhos: o belo contraste entre a alvura da neve e o rubro dos estandartes da TFP norte-americana. O branco que representa a pureza de costumes e a pureza da ortodoxia; e o vermelho que representa a luta e a disposição de derramar o sangue se necessário for em defesa da Cristandade! Disposição que se nota bem expressa nos jovens que galhardamente portam os estandartes coroados pela flor de lis heráldica. Prontos estão eles para a luta contra-revolucionária numa nova Cruzada pela vitória da Cristandade.

Nesta cena, a Cristandade é representada pela cruz de Cristo no centro de tudo. A cruz negra que significa a dor, o extremo do sacrifício. Mas a cruz está coberta pela neve, simbolizando, assim, o Puro por excelência. O Inocente por excelência que foi crucificado e morreu pela Cristandade, para que ela alcançasse toda sua glória e esplendor nesta Terra! Ou seja, o Reino de Cristo, o Reino do Imaculado Coração de Maria — prenunciado em Fátima e tão e tão desejado por Plinio Corrêa de Oliveira, o Varão que concebeu esse estandarte rubro-áureo! O estandarte que ostenta o dourado e rompante leão e os ideais que nunca morreram: Tradição, Família, Propriedade — três pilares da Cristandade.

Agencia Boa Imprensa

Ambas as fotos que ilustram este artigo foram feitas por Michael Gorre, na sede da TFP norte-americana, localizada em Spring Grove (Pensilvânia)

A respeito desses ideais, o fundador da TFP deixou lapidarmente registrado em seu “Auto-retrato filosófico”: “Estou certo de que os princípios a que consagrei a minha vida são hoje mais atuais do que nunca e apontam o caminho que o mundo seguirá nos próximos séculos. Os céticos poderão sorrir, mas o sorriso dos céticos jamais conseguiu deter a marcha vitoriosa dos que têm Fé”.

 

5 comentários para “A marcha vitoriosa dos que têm Fé”

  1. Silvério Godoy Responder

    6 de fevereiro de 2014 à 12:12

    Parabéns pelo artigo, primoroso na forma e conteúdo. A fotografia é de catálogo! Longa vida para a ABIM!

  2. Frederico Hosanan Responder

    6 de fevereiro de 2014 à 13:03

    Magnifíco.
    Muito apropriado o comentário à extraordinária foto.

  3. Frank Seidl Responder

    6 de fevereiro de 2014 à 13:53

    Maravilhoso espetáculo, que nos enche de esperança pelo triunfo da Contra-Revolução.

  4. Marcos Costa Responder

    6 de fevereiro de 2014 à 14:42

    Muito oportuna a publicacao destas fotos e comentarios que convidam a nossa juventude a voltar-se para os ideais que jamais vão morrer. Os brasileiros, todos nós, que sofremos no dia-a-dia com os desmandos que se praticam no Brasil (não quero falar somente de “medicos” cubanos, nem de mensalão, nem de impostos crescentes)vejo tambem a nossa juventude tomar falsos ideais e entregar-se a uma libertinagem que faz lembrar a decadencia de Roma ao tempo da vinda do Messias.
    Sirvam essas palavras do Prof Plinio Correa de Oliveira com um convite, um brado ou uma conclamação aos brasileiros dignos desse nome para re-erguerem no nosso Brasil nos ideais da Tradição, da Familia e da Propriedade.
    Parabens, no caso. à TFP americana que segue tão de perto os ensinamentos de Plinio Correa de Oliveira. Machado-Costa.

  5. Garcia de Sena Responder

    7 de fevereiro de 2014 à 13:20

    NUNCA MAIS O SOL…

    I
    O Glorioso estandarte da TFP,
    drapeja hoje pela Terra inteira.
    Aonde quer que alguém vá, bem pode ver.
    Gesta: Plínio Corrêa de Oliveira.
    II
    Em todo continente a tremular,
    luminoso e assim, qual arrebol.
    Ei-lo parte integrante ao drapejar,
    para o qual, nunca mais se põe o Sol !
    II
    Fatos evidenciam a verdade:
    Família, Tradição Propriedade,
    Um lema respeitado que aí está.
    IV
    Neste mundo à deriva em desatino
    esta gesta heroica é qual um sino
    da Torre Vigilante a conclamar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *