Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Catedral de Viena é profanada com um “Show-rock”

Catedral de Viena♦  Gabriel Zeymer

A secular e belíssima Catedral Gótica de Viena [foto acima], gloria da Idade Media e da Cristandade Europeia, tornou-se palco de um escandaloso e sacrílego show-rock realizado com o pretexto de arrecadar fundos para a “luta contra a AIDS”.

O lobby homossexual teve participação ativa no evento, tendo como representante Gary Keszler, o organizador da marcha homossexual na capital austríaca!

Catedral de VienaO Cardeal Schönborn [foto ao lado, durante o sacrílego evento], arcebispo de Viena, promoveu e participou desse escandaloso show Rock, com marcado aspecto anti-catolico.

Ao invés de promover a castidade, meio eficaz ensinado pela moral Católica para evitar esse tipo de contágio, profana-se uma Catedral gótica a pretexto de combater a AIDS!

Uma Igreja consagrada nunca deve se transformar em lugar para este tipo de evento! A consagração da Igreja torna o edifício a casa de Deus.

Catedral de VienaLembremo-nos do episodio bíblico em que Nosso Senhor expulsa os vendilhões do templo e, para não deixar margem à dúvida, diz: Está escrito: Minha casa é uma casa de oração, mas vós fizestes dela um covil de ladrões! (São Mateus, 21-13)

Paulo VI, falando da crise na Igreja, afirmou que, por alguma fissura, a fumaça de Satanás havia entrado no templo santo de Deus.

Agora, na Catedral de Viena, chifres e urros do demônio se apresentam sem disfarce. Vejam as fotos e tirem as conclusões.

O montante total arrecadado por meio desse sacrilégio foi superior a 68.000 euros. O site NovusOrdoWatch.org explica: “Traduzido em moeda bíblica, estimamos que essa soma representaria aproximadamente 30 peças de prata”…

No ano passado, o Cardeal Schönborn usou a catedral para uma enorme promoção de “orgulho gay”, celebrando Sodoma e Gomorra!

Catedral de VienaTambém é notório o fato de ser este alto prelado o “intérprete oficial” da Amoris Laetitiae, escolhido pessoalmente pelo Papa Francisco.

Pode, um católico, aceitar semelhante horror sem sentir sua Fé agredida?

Como pode o Cardeal Schönborn, um príncipe da Igreja, um sucessor dos apóstolos e pastor das almas, nesta secular Sede Episcopal de Viena, não apenas permitir, mas estar presente neste ato?

Rezemos para que venha o quanto antes o Triunfo do Imaculado Coração de Maria, prometido por Nossa Senhora em Fátima. Que Nossa Senhora, Mater Puríssima e terror dos demônios, triunfe sobre os poderes das trevas.

Catedral de VienaCatedral de VienaCatedral de Viena

3 comentários para Catedral de Viena é profanada com um “Show-rock”

  1. Martín Jorge Viano Responder

    12 de dezembro de 2018 à 15:47

    Terrível sacrilégio que nos convida a um ato de reparação inspirado no slogan utilizado por ocasião da queda do Chile nas mãos do marxista Allende:
    Luto, luta e oração.
    Martín J. Viano
    Argentina

  2. Celso da Costa Carvalho Vidigal Responder

    12 de dezembro de 2018 à 19:08

    É uma tristeza enorme. Nosso Senhor Jesus Cristo morreu por essa gente. E eles, inclusive o Cardial, fingem que não se dão conta disso e caminham para o inferno resolutamente. Seria possível que o Vigário de Cristo também não se desse conta disso? Esse espetáculo, como tantos outros em muitas igrejas católicas, em todo o mundo, fazem parte da Paixão de Cristo. Rezemos e façamos sacrifícios para reparar esses ultrajes sacrílegos. “Sursum corda”.

  3. José Antonio Rocha Responder

    12 de dezembro de 2018 à 22:57

    Mas, não tenhamos medo. Os escravos de satanás não vencerão. Deus é mais forte que todo o mal. Jesus Cristo venceu o mundo, a morte é o pecado. O imaculado coração da Virgem Maria triunfará. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *