Centros de reeducação para jovens viciados em videojogos

China ComunistaAs autoridades comunistas chinesas estão alarmadas com os danos sofridos por jovens do país pelo uso intensivo de jogos de computador. O regime criou mais de 400 centros de reabilitação das vítimas. O documentário “Web Junkie” filma casos patéticos de deformação moral e psicológica. Porém, esses centros socialistas assemelham-se a campos de concentração, onde está ausente a caridade cristã, fator chave para um bom tratamento e o abandono de vícios. Por sua vez, nos países ocidentais, não há dúvida de que a saúde dos jovens fãs dos videojogos está também sendo prejudicada e seu desenvolvimento ameaçado. A Academia Americana de Pediatria sustenta que as crianças não devem ser expostas a nenhuma mídia eletrônica antes de atingirem dois anos de idade.