Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

China está comprando a soberania da Zâmbia

Zambia e ChinaSegundo informe da agência Cibéria, a China está literalmente comprando a Zâmbia, que corre o risco de perder a soberania devido à enorme dívida interna do país para com a China.

O país africano pode ser obrigado a entregar a Pequim a propriedade das suas principais infra-estruturas de transporte e energia, bem como a sua rica indústria de extração de diamantes.

A China já controla a rede estatal de rádio e televisão ZNBC e está prestes a abocanhar a empresa, também estatal, que produz 80% da produção de eletricidade da Zâmbia.

A dívida externa do país já atingiu o montante de 9,3 bilhões de dólares, segundo a Reuters.

É a nova fórmula de imperialismo comunista que está entrando. Precisamos abrir os olhos para que não aconteça o mesmo com o Brasil, onde muito silenciosamente tem sido colocados nas mãos de empresas chinesas, em nome da “desestatização”, setores importantes da infraestrutura do nosso País.

Para quem sabe que o capital chinês é estatal, essa “desestatização”, que deveria favorecer a investidores brasileiros ou a empresas de países confiáveis, não passa de uma velhaca maneira de favorecer a expansão do imperialismo comunista chinês.

 ____________

Fonte: https://ciberia.com.br/china-comprando-literalmente-pais-africano-45632

 

3 comentários para China está comprando a soberania da Zâmbia

  1. fabiana Responder

    26 de setembro de 2018 à 3:47

    Oi gente gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho de vocês. Vou indicar para meus amigos e conhecidos. Bju da Fabi

  2. Barcelos de Aguiar Responder

    26 de setembro de 2018 à 7:10

    Excelente artigo, um alerta para o Brasil. A China comunista está fazendo um cinturão mundial em torno de pontos estratégicos como transmissão de energia, reservas, portos, estações espaciais como no sul da Argentina.
    Privatizar numa poderá ser uma entrega do Brasil à China Comunista. Aqui vale a doutrina de Monroe adaptada: Brasil, para brasileiros.
    China, go home! Barcelos de Aguiar

  3. MARIO HECKSHER Responder

    27 de setembro de 2018 à 22:25

    Concordo com os comentários do artigo. Espero que o Brasil não caia novamente nas mãos daqueles que facilitarão as ações dos comunistas chineses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *