Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Denúncia de capitã dos marines americanos

“Mulher nunca deveria ser soldado de infantaria”, escreveu a capitã dos fuzileiros navais Katie Petrônio [foto] na revista “Marine Corps Gazette”. No artigo “Chega disso! Nós não fomos criados todos iguais”, a capitã defende que a anatomia feminina não resiste às asperezas da carreira militar. Katie Petronio se baseia na experiência pessoal. Ela “preenchia todas as condições” de uma mulher-soldado ideal. “Eu era uma estrela no hóquei sobre gelo com um título em Direito e Administração”. “Cinco anos depois, eu não sou fisicamente a mulher que uma vez fui”. Quem está promovendo essa agenda? “Katie explica: “Pessoalmente, eu não vejo marines femininas, recrutas ou oficiais, batendo às portas do Congresso, queixando-se de que sua impotência para servir na infantaria viola o direito à igualdade”, acrescentou. Segundo ela, a pressão provém de civis esquerdistas que não têm experiência alguma na matéria. Em suma, são ativistas fanáticos da igualdade de gênero a qualquer custo.
___________
Agência Boa Imprensa (ABIM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *