Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Desfile Militar em Lourdes

Adolpho Lindenberg

Desfile do Batalhão de Guardas de Honra das Forças Armadas da Croácia, no último mês de maio, junto ao Santuário de Lourdes na França [Foto Sérgio Bidueira]

Desfile do Batalhão de Guardas de Honra das Forças Armadas da Croácia, no último mês de maio, junto ao Santuário de Lourdes na França [Foto Sérgio Bidueira]

 

Esta magnífica procissão militar em Lourdes constitui surpreendente libelo contra a Europa Unida. Ao longo de um milênio, a Cristandade deu origem a um mosaico de povos diferenciados, cada um dos quais com cultura e hábitos próprios, verdadeiros símbolos de determinadas perfeições divinas.

Na Alemanha imperial havia mais de duas centenas de estados semi-independentes, refletindo cada um deles uma nota da alma alemã. Em seus escritos e conferências, Plinio Corrêa de Oliveira sempre enalteceu o regionalismo europeu como sendo uma bênção, uma luz primaveril que ilumina e confere esplendor ao universo cristão.

A cena que temos diante dos olhos exemplifica adequadamente essa cosmovisão: a Croácia — esse pequeno e esquecido país, que sobressai pela fidelidade de seu povo à Igreja Católica, sendo essa, talvez, a razão de não figurar entre as nações citadas nos programas socioculturais da ONU e da União Europeia — revela sua alma de modo esplêndido no porte austero, viril, dir-se-ia aristocrático, desses soldados. Seus dólmãs e belíssimos emblemas são cópias de outros exércitos, ou pelo menos se lhes assemelham? Absolutamente não. São tão originais, revelam tal combatividade contida — traço indispensável em cada parada —, tal grandeza, que não seria exagero afirmar que superam as vistosas fardas prussianas dos tempos do Kaiser. E não só essas, mas também as da Guarda Real inglesa.

2 comentários para Desfile Militar em Lourdes

  1. Ely Maria Responder

    17 de julho de 2017 à 6:56

    O mundo odeia tudo o que vem do Belo, de Deus e é por isso que a maioria estão se perdendo. Católico, fique firme, medite a Bíblia; participe da Missa porque o Rito está em Apocalipse de João.FUNDAÇÃO DA IGREJA
    A pedra fundamental e principal da Igreja é Cristo, conforme nos ensina 1 Corintos 10 (4); Efésios 2(20); 1 Pedro 2 (7-8). ” Ninguém pode colocar outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. 1 ( Corintios 3(11).
    Nenhum homem comum pode pôr outro fundamento. Mas o Senhor pode, livremente, confiar esse fundamento a alguém, ou ampliá-lo a quem ele quiser, a exemplo seguinte:
    Jesus disse a Simão: ” Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja.( Mateus 16 ( 18-19). Cristo se revelou ” Eu sou a luz do mundo” João 8 (12), mas também disse: ” Vós sois a luz do mundo”,(Mateus 5(14).Disse ainda eu sou o bom pastor, entretanto ordenou a Pedro “Apascenta minhas ovelhas( João 21(15).Os Apóstolos são co- responsáveis em razão da delegação de poderes-Efésios 2(20). Jesus falou franca e pessoalmente à Pedro em Mateus 16(18); assim como lhe afirmou ” Dar-te-ei as chaves do reino dos céus”. (Mateus 16(19) e ordenou-lhe ainda, ” Apascenta as minhas ovelhas” ( João 21(15 e disse por último ” Confirma teus irmãos na fé, conforme diz Lucas 22(32).
    Verifica-se, ainda que Pedro foi confirmado como Príncipe dos Apóstolos. João 21;
    Jesus constituiu o Colégios Apostólico. João 20(26);Atos dos Apóstolos 1(15-26) e 15(5).
    Também há de ver que a Igreja Católica manteve o modelo bíblico de Igreja nos mesmos moldes do Antigo Testamento:
    Constituída por Sacerdotes- Levítico 21, 1 Reis 12(31) e Salmo 131(9).
    Tinha um chefe supremo (sumo sacerdote) Mateus 27(57).
    Tinha uma hierarquia, corpo constituído, embora o povo judeu fosse considerado povo sacerdotal: Êxodo 19 (6) e Mateus 27(3).

    Constituída de sacerdotes a Igreja dos Apóstolos para celebrar a Nova Aliança:
    Levar a Lei antiga à perfeição- Mateus 5(13)
    - Jesus instituiu o sacerdócio da Nova Aliança- João 20 (21-23).
    - Os sacerdotes na Nova Aliança foram ordenados à imagem de Cristo, o Sumo Sacerdote- Hebreus 5 (1-10); 7(24) e 9(11-28) especialmente para oferecer sacrifícios pelo povo ( Eucaristia) e ministrar o perdão.( Sacramento da Reconciliação.
    - Escolhido no meio do povo para celebrar com Cristo e em Cristo- Hebreus 7 (28); 1 Pedro 5 (1-5). O sacerdote da Nova Aliança.Hebreus 7 (12).
    Constituída por bispos:
    - Separados por Cristo para o serviço do Evangelho. Marcos 3 (13-19(; Mateus 10 (1-42).
    - A frente desses Apóstolos Jesus colocou Pedro. João 21.
    - Os bispos receberam a missão episcopal pela sagração. 1 Timóteo 4(14); 2 Timóteo 1 (6).
    - O bispo é doutor na fé. 1 Tito 1 (7-9) e 1 Timóteo 3 ( 1 e seguintes).
    - Que governam a Igreja com os sacerdotes, em comunhão com os outros bispos e unido ao Chefe dos Apóstolos. Atos dos Apóstolos 15 (2) ( O primeiro Concílio da Igreja) e Atos 20 (28).
    - A Igreja é constituída de diáconos, ordenados pelos bispos, para servir à comunidade conforme prevê Atos dos Apóstolos 6 ( 1 e seguintes) e 1 Timóteo 3 (8 e seguintes).
    Disso, conclui-se que a Igreja Católica foi fundada por Jesus Cristo. Mateus 16(18), tendo a sua frente o sucessor de Pedro, o Papa. Mateus 10(2), composto por um corpo hierárquico constituído de diáconos, sacerdotes e bispos, que governam a Igreja em comunhão, conforme mostra Atos dos Apóstolos, capítulo e capítulo sua frente o sucessor de Pedro, o Papa.Mateus 10(2); tendo diáconos, sacerdotes e bispos, que governam a Igreja em comunhão. (Atos dos Apóstolos. Capítulos 6 e 15).
    Jesus é a parte invisível da Igreja onde Ele é a cabeça e nós os membros, mas deixou poderes a Pedro porque lhe dá toda assistência.MISSA-RITO DA MISSA

    A Palavra do Senhor é importante.Transcrevo trechos do Apocalipse de João que trata da MISSA: Culto Dominical- Apocalipse Joao – 1(10); Um grande Sacerdote- 1(13); um altar- 8(3-4);14(18); Secerdotes presbyteroi) 4(4);11(15); 14(3);19(4); Paramentos 1(13); 4(4); 6(11); 7(9);15(6);19(13-14); Celibato-sagrado 14(4); Candelabro, ou Menorá- 1 (12) e 2(5); Penitência Cap.2 e 3; Incenso 5(8);8(3-5); O livro dos livros- 5 (1); A Eucaristia 2 (17); Cálices 15(7); cap.16; 21(9); O Sinal da Cruz ( o tau)- 7(3); 14(1) e cap.22(4); O Glória 15 (3-4); O Aleluia 19 (1.3.4.6; Corações ao Alto 11 (12); O Santo, Santo, Santo 4(8); O Amém- 19(4 e22(21); O Cordeiro de Deus- 5( 6 em diante); A notoriedade da Virgem Maria- 12 (1-6) e 13(17); Intercessão dos anjos e santos- 5 ( 8); 6(9-10); 8 (3-4); Devoção a São Miguel Arcanjo- 12(7); Cântico de Antífona- 4( 8-11); 5 (9-14); 7 (10-12); 18 (1-8); Leitura da Escritura – 2 (3); 5(8) e 2(11); O Sacerdócio dos fiéis- 1 (6) e Cap.20 (6); Catolicidade ou universalidade- 7 (9); Contemplação no silêncio -8 (1) e o Banquete nupcial do Cordeiro- 19 (9-17). Se fizer a leitura desses capítulos e versículos o Espírito Santo falará em seus corações a verdade que liberta.

    sejamos firmes na fé católica e fortes a exemplo dos mártires que nunca negaram Deus ( Jesus).

  2. Pingback: Semper Fidelis » Arquivo do Blog » Desfile militar em Lourdes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>