Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

“Em Defesa da Ação Católica” — o livro bomba contra o progressismo

“Em Defesa da Ação Católica” — o livro bomba contra o progressismo

Capa da revista Catolicismo, Nº 811, Julho/2018

♦  Paulo Corrêa de Brito Filho

Estamos comemorando 75 anos de Em Defesa da Ação Católica, livro que foi o primeiro brado de alerta, em nosso País, contra a crise na Igreja. Seu autor, Plinio Corrêa de Oliveira, tornou-se depois o inspirador e principal colaborador de Catolicismo.

Em julho de 1943, prosseguia a infiltração dos erros modernistas na Igreja. Essa corrente doutrinária havia sido condenada ex cathedra e aniquilada por São Pio X, nos primórdios do século XX, mas seus adeptos remanescentes começavam a solapar e infestar os movimentos católicos do Brasil, antes tão numerosos e pujantes.

Plinio Corrêa de Oliveira era então Presidente da Junta Arquidiocesana da Ação Católica de São Paulo. Após fazer um diagnóstico minucioso da grave situação, ele percebeu tratar-se de uma verdadeira revolução tramada dentro dos ambientes católicos visando mais uma vez implantar o modernismo, semelhante ao progressismo dos atuais “católicos de esquerda”. Nunca é demais lembrar que esses erros doutrinários estão na raiz da imensa confusão imperante em nossos dias. Era imperioso denunciá-los, pois começavam a prejudicar o meio católico e as suas atividades.

Percebia o Prof. Plinio que, caso se lançasse contra essa corrente, seria hostilizado de modo implacável pela parte do clero empenhada em “modernizar” o apostolado católico. Disposto a enfrentar tais perseguições, muniu-se de sólida argumentação embasada em documentos pontifícios, e lançou-se à luta como um “kamikaze”. Ele mesmo assim definiu sua iniciativa de publicar o livro, e de fato a analogia com os soldados japoneses suicidas se justifica, pois o livro teve em muitos aspectos o efeito de uma bomba.

“Em Defesa da Ação Católica” — o livro bomba contra o progressismo         As opiniões se dividiram. Muitos Bispos, sacerdotes e leigos aderiram com entusiasmo às suas teses, sentindo-se aliviados pela coerência doutrinária e fidelidade aos ensinamentos pontifícios tradicionais. O mais significativo dos apoios proveio do Papa Pio XII, então reinante, através de uma carta muito elogiosa assinada por seu subsecretário de Estado, Mons. João Baptista Montini [fac-símile ao lado] .

Outros invectivavam a obra, sem lhe opor qualquer argumento convincente. Não tardou a tempestade persecutória, à qual não faltou um vendaval de calúnias. Uma alta autoridade eclesiástica de Belo Horizonte chegou a pedir a condenação do livro, e mandou queimá-lo publicamente.

Na principal matéria da edição deste mês da revista Catolicismo [link abaixo], os leitores podem apreciar um elenco das repercussões obtidas pelo corajoso brado de alerta contra a revolução progressista então nascente. E entenderão o motivo de Em Defesa da Ação Católica ter sido uma obra providencial, fundamental contra a terrível crise que se introduziu na Igreja.

Paulo Corrêa de Brito Filho

Rascunho da carta redigida por Plinio Corrêa de Oliveira em agradecimento a Mons. Montini (futuro Paulo VI) pela missiva de aprovação ao seu livro Em Defesa da Ação Católica.

Paulo Corrêa de Brito Filho

PS: Segue a tradução de um trecho da carta do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira a Mons. Montini, redigida em francês, no dia 19 de março de 1949:

“Redigi meu trabalho com o único desejo de dar a conhecer as sábias orientações da Santa Sé sobre a Ação Católica, e as defender contra as interpretações realmente perigosas. Nada, portanto, poderia me tocar tão profundamente quanto saber que meu livro foi honrado com a augusta aprovação do Sumo Pontífice. […] Queira Deus me conceder a graça de servir ao Santo Padre a cada momento de minha vida, e derramar meu sangue por ele, se alguma vez surgir a oportunidade.”

____________

http://catolicismo.com.br/Acervo/Num/0811/p26-27.html

3 comentários para “Em Defesa da Ação Católica” — o livro bomba contra o progressismo

  1. Costa Marques Responder

    19 de julho de 2018 à 12:21

    Muito oportuno o artigo do Prof. Paulo Brito comentando — a propósito dos 75 anos de publicação — o livro Em Defesa da Ação Católica. O atual Pontificado do Papa Francisco dá uma especial atualidade ao livro porque os erros nascentes no século XX (1943) tomaram vulto com a Teologia da Libertação e tantos outros pronunciamentos do atual Pontifice que nada mais são do que desdobramentos daqueles erros ou tendências.
    Parabens para a revista Catolicismo. CostaMarques

  2. Fernando Lopes de Almeida Soares Responder

    19 de julho de 2018 à 22:59

    *

    Por favor, transcrevam aqui a íntegra da resposta do doutor Plínio Corrêa de Oliveira ao monsenhor Montini.
    Desde já grato,

    *

    Fria “ostpolitik”
    vaticana os fiéis às feras
    marxistas entrega?

    – FLASh

    https://ipco.org.br/?mailpoet_router&endpoint=track&action=click&data=WyIyMTAxNiIsIjA1N2Q5YiIsIjI4NiIsIjU5NWM4ZGVhOGU3ZiIsZmFsc2Vd

    *

    Chamânica encíclica
    “Laudato Si” de Francisco
    pomba-gira inspira?

    – FLASh

    http://www.abim.inf.br/palestras-sobre-ambientalismo-e-a-recente-enciclica-do-papa-francisco/#.V47CbaBv-BY

    *

    Caixa de Pandora
    abre Francisco “a um casal
    lésbico” abençoando?

    – FLASh

    http://fratresinunum.com/2016/01/11/bergoglio-o-papa-do-fim-do-mundo/
    https://youtu.be/-3jCFjuq5tQ
    http://www.abim.inf.br/pronunciamento-do-instituto-plinio-correa-de-oliveira-a-amoris-laetitia-abre-os-bracos-da-igreja-e-da-sociedade-para-a-demolicao-programada-do-casamento-e-da-familia-apelo-aos-prelados-e-aos-movi/#.V4wZOqBv_qD

    *

    Noção de “imorais
    atos” intrinsecamente
    sofistas deturpam?

    – FLASh

    http://www.abim.inf.br/o-capitulo-viii-da-amoris-laetitia-nao-e-interpretavel-no-sentido-da-tradicao/#.VyxoF4

    *

    Aos conservadores
    os fautores das “sexuais
    orgias” fustigam?

    – FLASh

    http://m.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/08/1674801-papa-francisco-apoia-polemico-livro-infantil-com-casal-gay.shtml?mobile
    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/10/papa-teve-encontro-privado-com-casal-gay-diz-tv-americana.html
    http://br29.com.br/papa-francisco-se-disfarca-e-deixa-o-vaticano-na-calada-da-noite-para-visitar-moradores-de-rua/

    *

    Nacionais igrejas
    progressistas “o sionazi
    Kasper” cabalando?

    Devassos “pastores
    protestantes” aos fiéis
    europeus afastam?

    – FLASh

    http://www.abim.inf.br/cardeal-kasper-reacende-o-debate-sobre-a-comunhao-para-os-divorciados/#.VjnrGqlTvqA
    http://revculturalfamilia.blogspot.com.br/2015/03/relaxar-moral-e-pastoral-da-familia.html?m=1#.VPvK0DIa8fQ.facebook

    *

    Poema
    de haicais,

    RACHADO SÍNODO?

    – Fernando L A Soares (FLASh)

    Polêmico “Sínodo
    da Família” um aloprante
    debate ensejando?

    “Flama da sexual
    revolução anarquista”
    alemães empunham?

    “Ratzingerianos”
    versus “kasperianos” Pax
    Romana rachando?

    Com devassa face
    “o arcebispo de Munique
    Lutero incorpora”?

    “Revolucionário
    tacape” do cardeal Kasper
    santuário profana?

    Luterano amor
    aos pecadores “na essência
    pecado adorando”?

    Sábia voz “em prol
    de um só rebanho e pastor”
    audaz se alevanta?

    Salve dom Chaput,
    o “ultramontano arcebispo
    da Filadélfia”, uai?

    Ditatorialmente
    gays assumidos “final
    relatório” aprontam?

    O “vaticanleaks”
    preocupantes missivas
    ao Papa revela?

    “No quartel de Abrantes
    tudo embora como dantes”
    Papado enfraquece?

    Límpida “moral
    cristã” local destempero
    do ordinário” turva?

    – FLASh

    http://www.abim.inf.br/o-sinodo-malogrado-todos-derrotados-a-comecar-pela-moral-catolica/#.VjBYsSlTvqA
    http://www.abim.inf.br/ataque-do-cardeal-marx-ao-cardeal-pell-poderia-resultar-num-bumerangue/#.Vi9H1ilTvqA
    http://www.abim.inf.br/a-frincha-do-sinodo/#.ViDvwCm5fqA
    http://www.abim.inf.br/dom-chaput-arcebispo-de-philadelphia-recusa-no-sinodo-a-ideia-de-igrejas-nacionais/#comment-3613
    http://www.abim.inf.br/cardeal-kasper-brande-o-tacape-do-fundamentalismo/#.Vhvr6im5fqA
    http://www.abim.inf.br/cardeal-marx-faz-de-bobos-tanto-os-participantes-do-sinodo-quanto-os-fieis/#.Vhq6bym5fqA
    http://www.abim.inf.br/ousara-o-cardeal-marx-enveredar-se-pela-via-especial-alema/#.ViqkX_c9aH5.twitter
    http://www.abim.inf.br/quando-os-bispos-vao-comecar-afinal-a-defender-os-catolicos-fieis-ao-magisterio-da-igreja/#.VjdimensA

    *

    Francisco “aos apelos
    católicos mundo afora”
    mouco ouvido faz?

    – FLASh

    http://www.abim.inf.br/filial-suplica-quase-800-mil-assinaturas-sao-entregues-no-vaticano/#comment-3509

    *

    Feroz “bulldog Burke”
    ao calcanhar de Francisco
    segue abocanhando?

    – FLASh

    https://twitter.com/rcp01/status/983023735614603264?s=08

    *

    Fernando Lopes de Almeida Soares
    (FLASh) IFP/RJ 2477412
    Rua Joanésia, 316 ap 301 Serra
    30240-030 Belo Horizonte, MG
    poetafernandosoares@gmail.com
    facebook.com/FernandoLASoares
    cronipoesias.wordpress.com
    twitter.com/farnando_a?s=08
    WhatsApp etc 319 9882 5505 Oi?

    .

  3. Paulo Roberto Campos Responder

    20 de julho de 2018 à 2:56

    Aqui um trecho da carta do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira a Mons. Montini (futuro Paulo VI), redigida em 19 de março de 1949:

    “Redigi meu trabalho com o único desejo de dar a conhecer as sábias orientações da Santa Sé sobre a Ação Católica, e as defender contra as interpretações realmente perigosas. Nada, portanto, poderia me tocar tão profundamente quanto saber que meu livro foi honrado com a augusta aprovação do Sumo Pontífice. […] Queira Deus me conceder a graça de servir ao Santo Padre a cada momento de minha vida, e derramar meu sangue por ele, se alguma vez surgir a oportunidade.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *