Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Estranha ideologia

Pe. David Francisquini (*)

Revolucao e Contra RevolucaoEm sua obra-prima Revolução e Contra-Revolução [foto], Plinio Corrêa de Oliveira desenvolve as noções de igualdade absoluta e liberdade completa, concebidas enquanto valores metafísicos. Elas exprimem o espírito da Revolução, movimento que visa destruir um poder ou uma ordem legítima e pôr em seu lugar um estado de coisas ou um poder ilegítimo.

Para o revolucionário, o homem deve concorrer em tudo para que haja igualdade completa em todos os níveis: anciãos e jovens, patrões e empregados, professores e alunos, esposo e esposa, pais e filhos. O revolucionário prega a igualdade absoluta, e a própria crença em Deus está descartada, negada e combatida, pois a desigualdade aponta para Deus.

A Revolução dá agora mais um passo na sua sanha igualitária, ao querer impor ao mundo inteiro a igualdade de gênero – a absoluta igualdade entre homem e mulher. A ideologia de gênero pretende estabelecer que ninguém nasce homem ou mulher. Assim, toda criança deve escolher uma identidade sexual, se quer ser homem ou mulher, e os pais que se opuserem serão incriminados.

Como o melhor caminho para essa monstruosidade é “fazer a cabeça” das crianças, o governo revolucionário e igualitário do PT tem-se empenhado nesse sentido através do Ministério da Educação, que previa o ensino da ideologia de gênero nas escolas. Mas tendo as pretensões desse ministério sido rejeitadas pelo Congresso Nacional, ele as reeditou, tornando-as meta obrigatória para todos os estados e municípios brasileiros, que estão sendo compelidos a apresentar os seus “planos” de educação, nos quais consta a ideologia de gênero.

Sendo uma questão religiosa e metafísica, ela é extremamente delicada, atingindo o homem no que ele tem de mais profundo do seu ser. Só mesmo pessoas com mentalidade perversa, igualitária, anárquica, revolucionária, podem querer subverter a esse ponto a noção de família, conduzindo-a à destruição, e com ela a de toda a sociedade.

Com mais essa inadmissível ingerência do governo na instituição familiar, nossos filhos e netos poderão perder para sempre a noção filosófica da identidade do ser. Esta foi desejada por Deus ao criar homem e mulher para a missão altíssima de propagar a espécie humana, povoar a Terra e o reino do Céu.

Revolucao e Contra RevolucaoA função principal do Estado é propiciar o aperfeiçoamento e  o desenvolvimento dos planos divinos. No entanto, agindo em favor da ideologia do gênero, ele se volta de modo totalitário e absurdo contra o seu próprio fim. Alterando o próprio conceito que governa o homem, distorce os planos de Deus e abre o caminho para o que há de mais satânico – a imposição tirânica de uma ordem de coisas violentamente contrária à ordem natural.

Assisti recentemente alguns vídeos envolvendo a discussão do plano imposto pelo MEC às Assembleias Legislativas estaduais e Câmaras Municipais, e pude perceber o rancor dos homossexuais contra a família tradicional. Ante as agressivas manifestações anti-religiosas de grupos favoráveis à revolução sexual, os vereadores parecem não saber como conduzir as reuniões sobre o assunto.

No horizonte, desponta a perspectiva de uma verdadeira guerra religiosa e moral, em que os revolucionários negam e procuram substituir conceitos consagrados em todas as épocas da História. Por ódio a Deus, que criou o ser humano com perfeição e para um altíssimo fim, querem afastar-nos do Criador e implantar em toda a Terra o que há de mais contrário a Ele.

Os revolucionários desejam suprimir a noção de bem e mal, de verdade e erro, rejeitar os fundamentos da Religião e a existência de Deus. Eles pretendem suprimir o Decálogo, a expressão do que constituía a própria  natureza humana. É o que estamos assistindo atualmente, nos debates sobre os planos da educação em âmbito estadual e municipal. Em vista dessa dramática situação, convido os prezados leitores a participar ativamente a rejeitar essas inadmissíveis medidas contrárias à Lei divina e à própria Lei natural.

_________________________

(*) Sacerdote da igreja do Imaculado Coração de Maria – Cardoso Moreira-RJ

1 comentário para Estranha ideologia

  1. Mario Hecksher Responder

    7 de julho de 2015 à 12:31

    Ótimo artigo do Padre Francisquini.
    Deveria ser lido por todos os pais e mães, cujos filhos estão sendo atingidos por este absurdo.
    Entretanto, os maus não alcançarão o seu objetivo, porque não conseguirão modificar a natureza e deturpar o que foi criado por Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *