Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

FATOS QUE URRAM E EXIGEM INVESTIGAÇÃO

Lula presidiário  Fernando de Oliveira Diniz

A imprensa nacional publicou hoje (19-9-18), sem grande destaque, as declarações do atual presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, o qual, enquanto integrante da equipe econômica do governo do PT, foi um dos responsáveis pelos empréstimos bilionários dessa instituição bancária a Cuba e Venezuela, agora “admite” que ambos os países “não tinham condições de pagar”, concluindo que “temos que ir atrás do dinheiro”.

Enquanto ele vai atrás do dinheiro, o governo federal, para tapar o buraco do calote venezuelano e moçambicano, teve que desembolsar, à custa do contribuinte brasileiro, R$ 1,16 bilhão do orçamento deste ano para o Tesouro Nacional.

O surpreendente dessa notícia, que deveria figurar (e não figura) na primeira página dos jornais, é que o Sr. Dyogo Oliveira continue ocupando a presidência do mesmo BNDES que ele ajudou a lesar por improbidade administrativa.

Fiquemos na expectativa de que o ministério público se debruce preferencialmente sobre esse grande escândalo, e concentre seus esforços — inegavelmente meritórios — não apenas em investigar corrupção por favorecimento pessoal ou a partidos, mas em desvendar essa trama de favorecimento internacional de regimes comunistas e bolivarianos às custas do erário público, conduta muito mais grave do que, por exemplo, o caso do triplex do Guarujá ou do sítio de Lula em Atibaia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *