Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Kremlin ameaça declarar ilegal a independência dos países bálticos

Tanques russos esmagam cidadãos lituanos em Vilnius, em janeiro de 1991

Tanques russos esmagam cidadãos lituanos em Vilnius, em janeiro de 1991

A “nova Rússia” vai revisar o reconhecimento da independência da Estônia, da Letônia e da Lituânia, que ficaram livres da ocupação soviética entre 1989 e 1992. Como Putin quer restaurar as “glórias” da URSS da época de Lenine e Stalin, ele pensa em anular o reconhecimento da independência desses países através de um recurso apresentado por parlamentares à Procuradoria Geral da Rússia. O ministro lituano das Relações Exteriores, Linas Linkevicius, disse que a iniciativa é “provocação absurda”, enquanto seu colega estoniano, Edgars Rinkevics, falou de decisão “inaceitável”. A Procuradoria Geral russa declarou ilegal a transferência da soberania da Crimeia à Ucrânia, feita em 1954, conferindo assim uma “legalidade” espúria à invasão da península conduzida por Putin em 2014.

2 comentários para Kremlin ameaça declarar ilegal a independência dos países bálticos

  1. Fernando Lopes de Almeida Soares Responder

    16 de setembro de 2015 à 3:30

    *

    Segue odiada a limpa
    nobreza cristã dos sangues
    de mouro e judeu?

    *

    Rabinos, qual índios,
    apenas bebês saudáveis
    vindo à luz respeitam?

    Fecundado óvulo
    é humano ser com sagrado
    direito à vida, uai?

    *

    Vê João Figueiredo,
    o então chefe do SNI,
    palestina arruaça.

    “Não prende e arrebenta
    o Mossad a esse aí, por quê?
    – Melhor mouro agente”.

    *

    Feito a pedra instável
    de Sísifo, em clãs semitas,
    paz inalcançavel?

    Rubra estrela aponta
    aos semíticos turrões
    presépio em Belém?

    À prole da escrava
    de Abraão aceitam jamais
    soberbos rabinos?

    – FLASh

  2. Mario Hecksher Responder

    16 de setembro de 2015 à 20:00

    Putin, comunista e ex-agente da KGB, a polícia política soviética, quer restaurar as perdas sofridas com o fim da URSS. Tudo fará para alcançar seus objetivos. Quem viver verá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *