Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

“Lei da homofobia” gera fobia no Senado

Daniel Martins

PL 122

         O PLC 122/2006, mais conhecido como “lei da homofobia”, tornou-se uma “batata quente” nas mãos dos membros da Comissão de Direitos Humanos do Senado. Cada vez em que o projeto é colocado na pauta para votação, gera-se uma tremenda discussão de norte a sul do País. Pressionada, a comissão acaba por retirá-lo da pauta. No último dia 20, o drama se repetiu.

Para muitos brasileiros, se aprovado, o projeto vai causar uma crise de consciência na população. Uma mãe poderá ser presa por discriminação, caso se negue a contratar uma babá para seus filhos, após saber que a candidata é lésbica. Ora essa! A mãe não tem liberdade de escolher o rumo da educação dos seus filhos? É a pergunta que muitos grupos de pressão vêm levantando.

Há outros que apontam para o risco de perseguição religiosa, pois o ensino da doutrina cristã a respeito da matéria ficará restrito ao interior dos templos. Quem tratar do assunto de público, ainda que de modo sereno, poderá pegar cinco anos de cadeia. Muitos denunciam a criação de uma casta de privilegiados intocáveis: o movimento homossexual, o que torna as crianças vulneráveis à sua propaganda.

Seja como for, os protestos provenientes do Brasil inteiro vêm provocando verdadeira “fobia” nos Senadores. Caso eles aprovem o projeto, a opinião pública reagirá e poderá mudar o rumo das próximas eleições. Se não o aprovam, as ONGs do movimento homossexual continuarão a urrar para pressionar o governo a se empenhar nessa plataforma revolucionária, aliás, tão cara ao PT.

Um dos principais movimentos que se levantou contra o referido projeto foi o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira. Através de um sistema de protesto online contra a “lei de homofobia”, ele enviou ao Senado, que o protocolou devidamente, um total de 3.449.345 e-mails procedentes de todo o Brasil.

______________

(*) Daniel Martins é professor e colaborador da ABIM.                

4 comentários para “Lei da homofobia” gera fobia no Senado

  1. Marcos Costa Responder

    25 de novembro de 2013 à 3:31

    Vamos adiante. São Paulo Apóstolo se gloriava de ter “combatido o bom combate”. Nosso combate é em defesa dos principios católicos, afinal a Religião não tem direito de ensinar? Hoje, dizem, é permitido ensinar no interior dos templos. Quer dizer, ainda nos permitem ensinar no interior dos templos… amanhã — quando a agenda homossexual imperar na sociedade — o que mais exigirá? Foi-se o tempo do “ceder para não perder”, ensinava o Prof Plinio Corrêa de Oliveira.
    Parabéns ao Instituto.
    Marcos Costa

  2. Francisco Jose Saidl Responder

    25 de novembro de 2013 à 13:57

    Mesmo que restrinjam a pregação da doutrina cristã ao interior dos templos, continuaremos com o direito de nos pronunciar. Cada cristão é um templo do Espírito Santo. Ninguém pode negar o direito de pregar de dentro do meu templo.

  3. Paulo Kelson Responder

    26 de novembro de 2013 à 0:41

    Eis aqui um link de um programa de rádio gayzista, é só ouvir o conteúdo do programa e escutarão todas as suas aberrações; ouçam a indignação do apresentador/militante gay contra a nova comissão dos direitos humanos na câmara dos deputados e sua hipocrisia por nunca falar da comissão anterior presidida pelo Partido das Trevas e seus integrantes como o deputado comunista Jean Wyllys do PSOL [1].

    (Ouçam principalmente a partir dos 32 minutos) desse programa e saberão como eles querem realmente a criação de uma casta superior aos demais brasileiros, escutem o valor absurdo draconiano das multas contra o direito do cidadão defender o bom senso, como resguardar as crianças nos estabelecimentos, revelo isso é no Estado de São Paulo, a criação e posse dia 227/11/13 desse conselho LGBT, comprovando que PSDB e PT são a mesma coisa:

    http://cbn.globoradio.globo.com/programas/cbn-mix-brasil/2013/11/24/CASAMENTO-HOMOAFETIVO-E-BENCAO-RELIGIOSA-A-RELACAO-DAS-IGREJAS-COM-OS-HOMOSSEXUAIS.htm

    [1]Denúncia contra o IX Seminário LGBT no Congresso Nacional, 15 de maio de 2012, cujo tema era: “Infância e sexualidade”
    Que Deus salve as crianças do terrorismo gay:
    http://www.midiasemmascara.org/artigos/governo-do-pt/13360-que-deus-salve-as-criancas-do-terrorismo-gay.html

  4. Paulo Kelson Responder

    26 de novembro de 2013 à 0:51

    Gostaria muito de ter novamente o e-mail do senhor Nelson, pois perdi o cartão dele, onde me deu no dia que o IPCO veio com Vossa Alteza Dom Orleans no lançamento do seu livro Psicose Ambientalista aqui em Manaus.

    Aguardo contato!

    Nota: aqui o conselho LGBT de SP, conforme o programa CBN Mix Brasil informou tomará posse no dia 27/11/13:
    http://www.justica.sp.gov.br/novo_site/Noticia.asp?Noticia=5968

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *