Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

O Menino Jesus foi expulso da Prefeitura de São Paulo — gestão PT, é claro!

Paulo Roberto Campos

Agencia Boa Imprensa

“E deu à luz seu Filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria”. (Lc 2, 6-7).

Nos últimos anos, na época do Natal, era montado um Presépio bem em frente à Prefeitura da cidade de São Paulo (estabelecida no edifício Matarazzo, junto ao famoso Viaduto do Chá).

Agência Boa ImprensaNão um Presépio rico, artisticamente falando, mas um grande Presépio, com as imagens de Jesus, Maria e José, de Anjos, dos três Reis Magos, dos pastores com suas ovelhas, sem faltar do burrinho e da vaquinha aquecendo a manjedoura. Como este cenário [imagens ao lado e abaixo], fotografado em dezembro de 2012.

Em vários anos, lembro-me de ter passado por aquela parte central da capital paulista e parado frente ao Presépio, onde rezava e gostava de ficar observando as reações dos transeuntes. Indescritível era a alegria que se notava nas fisionomias. Muitos vinham acabrunhados, apressados, aflitos; paravam um pouquinho, e saíam visivelmente aliviados, partiam em paz. Sobretudo indescritível era a alegria das crianças. Eu tinha a impressão de que elas se sentiam tonificadas em sua inocência.

No período do Natal do ano passado, conversando com uma senhora, que tinha parado perto de Agência Boa Imprensamim para também venerar o Presépio, ela contou um episódio que não me esquecerei nunca: Sua vizinha tinha visitado o Santo Presépio com seus dois filhos pequenos, que manifestaram um contentamento indizível e tiraram fotos junto às imagens. No dia seguinte ao Natal, o menor deles disse: “Mãe, eu ganhei cinco presentes. Vamos visitar de novo o Menino Jesus? Eu quero dar um presente para ele”. Comovida, a mãe abraçou e beijou seu pequenino, e, mais tarde, levou-o para visitar o Presépio; só que desta vez numa Igreja para que lá pudessem depositar junto à Gruta de Belém dois presentinhos — um desse seu filho menor e outro de seu irmão, dois anos mais velho, que também manifestou desejo de imitar o nobre gesto: presentear o Divino Infante.

Esse é apenas um episódio que testemunhei, mas quantos e quantos outros fatos análogos não se passaram naquele lugar onde diariamente transitam mais ou menos 1 milhão de pessoas?

Agência Boa Imprensa

Lamentavelmente, fatos maravilhosos como esse não ocorrem neste Natal de 2014. O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que pertence ao famigerado PT, no exato lugar do Presépio mandou colocar essa ridícula cena retratada pela foto acima, que tirei neste dia 22 de dezembro de 2014 — quando tive que ir ao centro da cidade para algumas compras.

Fiquei surpreso e indignado vendo este gigantesco monumento ao ridículo e ao comércio justamente naquele lugar onde esperava reencontrar o tradicional Presépio dos anos anteriores! Uma grave ofensa praticada contra a Sagrada Família!

Vendo aquilo, pensei: “No Natal, época própria para homenagear o Divino Aniversariante, na Prefeitura Municipal comemora-se o aniversário, expulsando o aniversariante! Um ato de ‘Cristianofóbia’! Um ato que fanaticamente revela a aversão a Cristo e ao Cristianismo! Os responsáveis na Prefeitura por essa expulsão do Menino Jesus terão que prestar severas contas a Deus!”

*       *       *

Apenas para rememorar o que todos sabem: a Sagrada Escritura narra que, nas vésperas do nascimento do Menino Jesus, houve um decreto do Imperador César Augusto, ordenando um recenseamento. Assim, todos os habitantes tinham que ir às suas cidades de origem para se registrarem. Então São José e Maria Santíssima partiram de Nazaré para a cidade de Belém, porque eles pertenciam à dinastia do Rei David, para se alistarem. Chegando a Belém — que estava abarrotada de pessoas que ali chegaram também em obediência ao decreto de César — São José bateu em várias portas pedindo abrigo, mas nenhuma se abriu para recebê-los… Foram então à hospedaria, onde ficavam as caravanas, mas não encontraram lugar…

Agência Boa ImprensaIndo de um lado para outro à procura de pousada, São José avistou uma gruta. Ele e a Santíssima Virgem entraram e viram que era um lugar transformado em estábulo, onde pastores abrigavam rebanhos. Ali se passou o maior acontecimento da História da Humanidade: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,14). Ali o Salvador do Mundo, o Rei do Universo nasceu de uma Virgem; ali cantaram os Anjos: “Glória a Deus nas alturas e paz na Terra aos homens de boa vontade” (Lc 2, 14).

“Estando eles ali, completaram-se os dias dela. E deu à luz seu Filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria”. (Lc 2, 6-7).

Neste ano, em frente à Prefeitura de São Paulo administrada pelo PT, repetiu-se a recusa à Sagrada Família. O Divino Menino Jesus não teve acolhida; Ele foi expulso e em seu lugar colocaram um gigantesco e horrendo “Papai Noel” com sua bicicleta! No fundo, o que o senhor prefeito disse para a Sagrada Família foi: “Vá mendigar algum lugar fora de São Paulo, aqui não tem lugar para vocês”.

Mergulhados que estamos neste caos desta grande cidade, mais do que nunca temos necessidade de ouvir o cântico dos Anjos naquela noite bendita entre todas as noites “Glória a Deus nas alturas e paz na Terra aos homens de boa vontade”. A paz que tanto necessitamos é a verdadeira paz que Aquele Divino Menino veio trazer a todos os homens de boa vontade. Mas podemos constatar que nem todos os homens são de boa vontade…

Não reclame, senhor prefeito, e todos os que participaram dessa expulsão, quando desejarem bater às portas do Céu e elas permanecerem fechadas…, quando suplicarem alguma graça e não forem atendidos…

*       *       *

E de nossa parte? Vamos também celebrar o Natal fazendo festa para o gordo Papai Noel? Vamos Agência Boa Imprensaconvidar nossos parentes e amigos, mas fechando as portas de nossas casas (e de nossas almas) para que o Aniversariante não entre? Vamos nos lembrar de todos e nos esquecermos do Aniversariante? Vamos presentear todo mundo, mas não vamos presentear o Divino Aniversariante, que deseja apenas morar em nossos corações?

Rezemos em reparação à Sagrada Família por essa grave ofensa cometida pela administração municipal. Mas também podemos reparar tal ofensa fazendo o contrário do ato “Cristianofóbico”: vamos celebrar com autenticidade o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo; montando todos os anos em nossos lares o Santo Presépio; esforçando-nos para manter viva essa encantadora tradição e “expulsando” este costume neopagão, tido como “politicamente correto”, de exaltar a figura caricaturesca e mercantilista de um rechonchudo Papai Noel.

Assim, poderemos atrair de volta as bênçãos e graças e as luzes sobrenaturais do Natal para nós e nossas famílias, para as nossas cidades e para o Brasil verdadeiramente Cristão, devoto de Jesus, Maria e José.

Agência Boa Imprensa

8 comentários para O Menino Jesus foi expulso da Prefeitura de São Paulo — gestão PT, é claro!

  1. Ely Maria Responder

    25 de dezembro de 2014 à 14:44

    Isso tudo que acontece no município de São Paulo parece-me mesmo marxismo, pois o que era correto desde o início para os cristãos, atualmente é uma blasfema contra o DONO DE TUDO E DE TODOS-JESUS que nos ama muito, tanto os bons como para os maus pois todos são filhos amados de DEUS. Entendo que àqueles que não tiveram relaciomentos bons com seus pais descontam tudo em Jesus, na religião criada por ELE e isso é muito perigoso porque plantam as consequências para as suas descendências em razão de nossos pecados, a exemplo de Lamentações 5 (7) e também não reconhecem e não sabe o que é obedicência conforme previsão de 1 Pedro 2 (18-26), pois Jesus sendo do único DONO DE TUDO, morreu para nos salvar de nosso egoísmo; falta de humildade;da arrogância e desobediência por todas as famílias do mundo e ainda hoje ELE continua dizendo a DEUS PAI para perdoa.A única coisa que posso fazer por esse “Prefeito”é rogar à Deus que o converta; que o cure de todas espéciei de rejeição e volte para Äquele que o ama muito- JESUS que quer entregá-lo nos braços e colo da mãe e esta não é a terrenaa e sim da a de todos: MÃE É MARIA.

  2. José Carlos storelli Responder

    25 de dezembro de 2014 à 15:22

    Eu me uno à vossa indignação e repudio mais este ato de cristianofobia perpetrado pelo famigerado ateu comunista terrorista PT.

  3. Americo Tognetti Responder

    26 de dezembro de 2014 à 1:28

    Será que todos os seus eleitores aprovam essa profanação??? Os que não aprovam deveriam se moblizar e fazer um ato de repúdio a isso..

  4. Mariangela Schiavetti Responder

    26 de dezembro de 2014 à 1:31

    O que esperar de um petralha como o Haddad? Nada de bom poderia sair da cabeça que inventou o kit gay! Haddad se esforça ao máximo para perverter a infância, roubar a inocência das crianças e procurar destruir o amor da alma por seu Deus! O que mais esperar além da infame troca do Presépio pela tola figura de um papai noel de bicicleta para fazer propaganda das estúpidas ciclofaixas inúteis (e superfaturadas, claro!).

  5. Nilton Divino DAddio Responder

    26 de dezembro de 2014 à 12:01

    Realmente lamentável essa decisão da Prefeitura.
    enquanto as cabeças mais sensatas procuram resgatar o verdadeiro sentido do Natal, a atual administração municipal caminha no sentido totalmente oposto.

  6. DJALMA P BENTES Responder

    29 de dezembro de 2014 à 21:46

    Uma vez mais a petralhada demonstra a sua ‘ qualidade ‘, o respeito ao Cristianismo – aos Cristão, tanto de São Paulo do Brasil e do mundo. Tudo perpetrado com a autorização da Dil-má, do Exu de 9 dedos e dos demais dirigentes dessa Organização Criminosa. Êlles sabem o que fazem.

  7. Luiz Freimuller Responder

    6 de Janeiro de 2015 à 18:06

    Cada povo tem o governo que merece,,,,se a maioria do povo de São Paulo fosse Cristão consciente,,,jamais votariam em um Pagão,,,principalmente do Partido das Trevas. PT,,,,Parem de votar em comunistas,,,,caso contrario as conseqüências serão desastrosas.

  8. Regina Responder

    7 de Janeiro de 2015 à 15:01

    Parabens à quem escreveu e fotografou. Enfim, somos nós, o povo dessa geraçao, quem realmente bate a porta na cara da Sagrada Família, para nao faze-la entrar. Aqui na França aconteceu EXATAMENTE a mesma coisa. Quando o presépio foi montado num ministério, os politicos mandaram desfazê-lo! Pobre Jesus! Acolhamos entao, com carinho, dentro do nosso coraçao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *