Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Padre James Martin: Pastor, ou lobo vestido com pele de ovelha?

Ato de reparação promovido pela TFP norte-americana

Ato de reparação promovido pela TFP norte-americana

Santiago Laia

 

“Por alguma fissura, a fumaça de Satanás entrou no templo de Deus.”

Não é ​difícil entender essas palavras do Papa Paulo VI quando se considera, com perplexidade e tristeza, como a Santa Igreja está sendo atacada até mesmo por aqueles que deveriam ser os pastores do rebanho de Nosso Senhor Jesus Cristo, mas que agem como lobos.

 

Padre Martin: declarações confusas e alarmantes

Nos Estados Unidos, o padre jesuíta James Martin (de Manhattan, Nova York) vem criando uma onda de escândalos entre os fiéis católicos daquele país por recentes declarações e pronunciamentos públicos.

No dia 5 de setembro de 2017, na Fordham University, ele contradisse o ensinamento da Igreja ao afirmar: “Eu tenho dificuldade em imaginar como até mesmo o católico mais tradicionalista, homofóbico e de mente fechada não pode olhar para o meu amigo [em um ‘casamento’ do mesmo sexo] e dizer: ‘Este é um ato amoroso e essa é uma forma de amor que eu não entendo, mas tenho que reverenciar’.[1]

No dia 2 de outubro de 2017, o Pe. Martin postou comentários no Facebook apoiando um menino que se apresentou como menina para receber aulas de catecismo numa paróquia católica! Quando a paróquia pôs como condição para ensinar o menino que ele se apresentasse segundo o sexo biológico registrado em seu certificado de batismo, o Pe. Martin objetou, chamando a decisão da Igreja de “um escândalo”.[2]

Durante uma apresentação na Universidade de Villanova, em 29 de agosto de 2017, ele também disse, referindo-se a um homossexual: “Espero que em 10 anos você possa beijar seu parceiro [na igreja] ou, você sabe, em breve ser seu marido.”[3]

 

Protestos!

Ato de reparação promovido pela TFP norte-americanaTFP Student Action promoveu em seu site petições de protesto contra as declarações do Pe. Martin. As petições se dirigiam às universidades católicas[4] e às igrejas[5] que promoviam conferências do sacerdote em todo o país.

Infelizmente, mesmo diante de tais protestos, o Pe. Martin continuou distorcendo e escandalizando impunemente a fé de milhares católicos norte-americanos com suas declarações.

Ato de reparação promovido pela TFP norte-americanaNo último dia 22 de março, em meio ao inverno estadunidense, cerca de 170 pessoas rezaram um terço de reparação em frente à igreja Notre Dame, em Chicago, contra uma palestra que o Pe. James Martin pronunciaria naquele local. O ato de reparação foi organizado pela Sociedade Americana de Defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP). Na ocasião, a TFP americana recolheu 10 mil assinaturas de protesto [fotos].

Essas manifestações pacíficas, mas firmes, impediram algumas das palestras do padre Martin no país. Uma delas seria realizada no dia 24 de março na University of Cincinnati, onde católicos, professores e jovens daquela TFP também promoveram atos públicos de reparação.

 

A Paixão de Jesus Cristo revive na crise da Igreja

Santa Veronica

Considerando a atual crise da Igreja, onde numerosos pastores não agem mais como pastores, mas como lobos vestidos em pele de ovelha, o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira sempre exortou seus discípulos a seguir o exemplo de Verônica no momento da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Santa Verônica arriscou sua vida para consolar Nosso Senhor enquanto Ele carregava sua Cruz. Ela estava tão cheia de compaixão por Jesus Cristo, que empurrou os guardas romanos e ofereceu um véu para limpar o divino rosto ensanguentado e ferido por tantas ofensas e pecados.

Nosso Senhor a recompensou por este ato de reparação com um milagre. Imprimiu para sempre sua Face naquele véu.

Como Santa Verônica, também nós devemos hoje consolar Nosso Senhor. Precisamos combater o bom combate pela Santa Igreja, por Nosso Senhor Jesus Cristo, nestes dias trágicos como foram trágicos os dias da Paixão.

____________

Notas:

[1] Fonte: Fordham News (59:42 no vídeo): https: //news.fordham.edu/insid

[2] https://www.facebook.com/FrJam…

[3] LifeSiteNews.com: https://www.lifesitenews.com/b…

[4] https://www.tfpstudentaction.org/petitions/urge-misericordia-university-to-cancel-address-by-pro-homosexual-priesthttps://www.tfpstudentaction.org/petitions/protest-fr-james-martin-spring-hill-college

[5] https://www.tfpstudentaction.org/petitions/fr-martin-and-sister-gramick-attack-church-teaching

http://www.tfp.org/act/take-action-archive-page/

1 comentário para Padre James Martin: Pastor, ou lobo vestido com pele de ovelha?

  1. Rogerio Angelo Lima Domingues Responder

    25 de Abril de 2018 à 13:11

    Insisto que a Igreja precisa se livrar desses conceitos ideológicos o quanto antes. Padres de pensamentos de esquerda são incompatíveis com o sacerdócio, isso sendo brando, porque desconheço as intenções do referido sacerdote. Opor-se aos dogmas da Santa Igreja acaso é considerado heresia, o que falta para a excomunhão??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *