Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Plinio Corrêa de Oliveira — “Influir no presente e preparar o futuro”

Paulo Roberto Campos

Plinio Corrêa de Oliveira — “Influir no presente e preparar o futuro”Em 3 de outubro de 1995, Plinio Corrêa de Oliveira — que no dia 13 de dezembro daquele ano completaria 87 anos — entregava sua alma a Deus. Bela e generosa alma de um filho devotado à Santa Igreja, que viveu em sua defesa e se caracterizou por um homem de fé, pensamento e ação na luta pela civilização cristã.

Entre suas numerosíssimas grandes obras, destaca-se a fundação da TFP brasileira e a inspiração de movimentos análogos nos 5 Continentes. Neste 22º aniversário do passamento desse inesquecível líder católico, reproduzimos em sua homenagem um trecho de seu “Auto-retrato fIlosófico”.

O trecho, que segue abaixo, é o comentário final que o autor — após “passar em revista” os principais lances de sua vida — faz do magistral documento.

Antes, porém, uma breve explicação.

O Prof. Plinio redigiu tal documento em 1976, a pedido do Pe. Stanislas Ladusãns S.J, a fim de ser inserido na Enciclopédia do Pensamento Filosófico Brasileiro, em vários volumes, que o Padre Stanislas desejava publicar. Esse sacerdote jesuíta, em 1989, pediu ao Prof. Plinio uma atualização de seu “Auto-retrato filosófico”. Mas não pôde ser atendido devido às múltiplas atividades do fundador da TFP brasileira naquele ano. Depois, em 1993, falecera o Pe. Stanislas. Somente em fins do ano seguinte é que o Prof. Plinio pôde atualizar o seu “Auto-retrato filosófico”.

Assim sendo, a revista Catolicismo publicou esse documento, então inédito, em sua edição de outubro de 1996, em 32 páginas. Recomenda-se a leitura de sua íntegra, que se encontra disponível no site da revista.

Plinio Correa de Oliveira

“Influir no presente e preparar o futuro”

“[...] Com efeito, ao ler este retrato filosófico, muitos terão tido em mente, de começo a fim, uma objeção: tudo isto é anacrônico e incapaz de deitar raízes no mundo em que vivemos.

A linguagem dos fatos é outra. No campo das idéias, não existe apenas o antigo e o novo, como quereriam os evolucionistas. Existem também, e sobretudo, o verdadeiro, o bom, o belo e o perene. Em contraposição irreconciliável com o erro, o mal e o disforme. E ao verum, bonum e pulchrum (verdadeiro, bom e belo), significativos setores da juventude hodierna não só permanecem sensíveis, mas engajaram uma marcha de resoluta expansão.

A tradição do perene não é morte, mas vida — vida de hoje e vida de amanhã. De outra maneira não se explicaria este fato patente, que é a repercussão das várias TFPs na mais nova juventude deste nosso novíssimo continente.

Não pretendo ser apenas um defensor do passado, mas um colaborador — com outras forças vivas — para influir no presente e preparar o futuro. Estou certo de que os princípios a que consagrei minha vida são hoje mais atuais do que nunca e apontam o caminho que o mundo seguirá nos próximos séculos.

Os céticos poderão sorrir. Mas o sorriso dos céticos jamais conseguiu deter a marcha vitoriosa dos que têm Fé”.

3 comentários para Plinio Corrêa de Oliveira — “Influir no presente e preparar o futuro”

  1. NEREU AUGUSTO TADEU DE GANTER PEPLOW Responder

    3 de outubro de 2017 à 14:08

    Considero Dr Plínio o mais sábio de todos os brasileiros de que tenho notícia. Considero o trabalho dele eu diria, em certo sentido, maior que o de São Pio X.

  2. Joana Responder

    3 de outubro de 2017 à 17:18

    “Não pretendo ser apenas um defensor do passado, mas um colaborador — com outras forças vivas — para influir no presente e preparar o futuro. Estou certo de que os princípios a que consagrei minha vida são hoje mais atuais do que nunca e apontam o caminho que o mundo seguirá nos próximos séculos.

    Os céticos poderão sorrir. Mas o sorriso dos céticos jamais conseguiu deter a marcha vitoriosa dos que têm Fé”.

    Sábias palavras do Professor Plínio Corrêa de Oliveira, as quais tem atraído seguidores pela grandeza do ideal que exprimem.

  3. Alvaro Nunes Responder

    3 de outubro de 2017 à 17:33

    Não fossem as perseguicoes das “PATRULHAS IDEOLOGICAS”, o Prof. Plinio Correa de Oliveira seria o brasileiro mais ilustre de nossos tempos. Perante Deus e perante a historia ele o é, mas se nao fossem essas “patrulhas” comunistas, ele o seria também nesta terra. Seus adversarios patrulhavam os passos desse ilustre brasileiro com a finalidade de impedir que as atividades dele repercutissem no Brasil e no mundo, por exemplo, impedindo que a midia difundisse suas atividades e seus pronunciamentos. Resultado: temos o Brasil nessa lama!!! COMO PRECISA HOJE O BRASIL DESSE GRANDE BRASILEIRO!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>