Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

PRÊMIO NOBEL DA QUINTA-COLUNA

Helio Dias Viana (*)

O jornal madrilense “El País” (21/04/2011) informa que durante entrevista em Buenos Aires, o escritor peruano Mario Vargas Llosa, Prêmio Nobel de Literatura de 2010, declarou que votará “sem alegria e com muitos temores” no candidato de esquerda Ollanta Humala, fazendo um apelo aos peruanos a secundá-lo.

E acrescentou: “Minha esperança é que o que o candidato Humala diz agora seja verdade”.

Humala agradeceu o apoio do escritor: “Agradecemos o apoio de Vargas Llosa, assim como o de milhões de peruanos. Não pedimos um cheque em branco nem que nos presenteiem a confiança, a confiança deve ser ganha”.

Como se sabe, em clara ingerência nos assuntos internos do Peru, a campanha de Humala está sendo assessorada desde janeiro pelos petistas Luis Favre e Valdemir Garreta, tendo contado ainda com a colaboração de João Santana, o marqueteiro que elegeu Lula em 2002 e atualmente assessora a presidente Dilma Roussef. Humala saiu à frente no primeiro turno.

O novo perfil arranjado pelo marqueteiro para distanciar o candidato peruano da imagem de aliado de Hugo Chávez é o mesmo “Lulinha paz e amor” que ele utilizou com sucesso para afastar do eleitorado brasileiro os temores em relação a Lula.

É chegado, pois, o momento de num continente coalhado de hienas populistas e petistas amamentadas pelo leite da Teologia da Libertação, saírem, pressurosos e decididos, mas afetando receio, os expoentes da Quinta-Coluna em defesa do candidato esquerdista peruano. São eles os intelectuais, clérigos, políticos e empresários que só vêem perigo no ressurgimento da direita, ali representado pela candidata Keiko Fujimori.

Pela inapreciável colaboração que prestam à causa comunista, para eles bem se poderia instituir o “Prêmio Nobel da Quinta-Coluna”.
_________ 
(*) Helio Dias Viana é colaborar da ABIM

1 comentário para PRÊMIO NOBEL DA QUINTA-COLUNA

  1. Tamotsu Responder

    18 de maio de 2011 à 22:18

    Podemos compreender toda esta raiva,odio e amargura que o Vargas Llosa demontra sobre o nome FUJUMORI,pois ele quem frustrou sua ambição de governar o seu pais. E hoje apesar da sua campanha contra Keiko, resurgimento do nome FUJIMORI e uma coisa real,em fim os NOBELs tambem são humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *