Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

PT e mídia de esquerda querem desconstruir o Brasil

O grupo de Lima, que inclui o Brasil e outros 12 países, reunido no início deste ano na capital peruana

O grupo de Lima, que inclui o Brasil e outros 12 países, reunido no início deste ano na capital peruana

♦  Marcos Machado

Não é preciso ter bola de cristal, ser analista experimentado ou pertencer aos altos círculos da política para afirmar que o PT e a mídia de esquerda têm um plano definido: a desconstrução do Brasil.

Um princípio de governo: a procura do “bem comum”

Segundo o Papa São Pio X (1835–1914), deve o governante, “assumindo e exercendo os cargos públicos com a firme e constante resolução de tanto quanto possa fazê-lo, promover o bem social e econômico da pátria e particularmente do povo, seguindo os princípios da civilização nitidamente cristã, e há de defender ao mesmo tempo os interesses da religião e os da justiça.” (Pio X, Il fermo proposito, II, 99).

Escreve, por sua vez, o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira: “De fato, todo entendimento recíproco entre os homens é determinado pela procura de um bem comum; nisto se baseia a vida social. Quanto mais geral for o bem comum procurado, mais largo será o círculo social.” E prossegue:

“Na ordem temporal, o Estado é quem procura o bem comum mais geral e elevado, qual seja a suficiente perfeição da vida humana neste mundo. Embora este bem comum temporal não seja exclusivamente material, antes compreenda muitos bens espirituais, contudo está intimamente condicionado a múltiplas contingências materiais. Mesmo aqueles bens espirituais que se referem imediatamente à vida humana como, por exemplo, as virtudes cívicas.”1

Acima estão indicados princípios que devem nortear tanto a situação quanto a oposição. Ambas devem lembrar-se de que o bem comum temporal não é exclusivamente material, antes compreende muitos bens espirituais.

Recentes declarações do presidente Jair Bolsonaro e do chanceler Ernesto Araújo apontam para valores, princípios, direitos fundamentais que serão pilares do novo governo.

Nesta ordem de ideias, andou bem o nosso governo ao se associar ao Grupo de Lima para exercer pressões diplomáticas e comerciais sobre a tirania de Maduro na Venezuela. O bem comum das nações ibero-americanas assim o exigia.

A reação petista e bolivariana foi o oposto: A decisão do novo governo brasileiro de apoiar a recente declaração do Grupo de Lima, que não reconhece o mandato do presidente Maduro e incita (sic) a realização de um golpe de Estado na Venezuela, contraria as mais altas tradições da diplomacia do Brasil…”2

Brasil sai do pacto migratório da ONU

Como se sabe, o novo governo retirou o Brasil do pacto migratório da ONU. E agiu muito bem.

Sobre a admissão de estrangeiros, declarou o chanceler Ernesto Araújo: “O Brasil buscará um marco regulatório compatível com a realidade nacional e com o bem-estar de brasileiros e estrangeiros. No caso dos venezuelanos que fogem do regime Maduro, continuaremos a acolhê-los.”3

Aqui se aplica o princípio do bem comum brasileiro,que não pode ser sufocado por um bem transnacional.

Comenta Plinio Corrêa de Oliveira: “Disto [contingências materiais, bens espirituais] é que provém a diversificação dos Estados, de modo que há vários Estados nacionais e não um só Estado Universal [como pretende o pacto migratório da ONU]: é que as contingências materiais afetam o bem comum do Estado, fazendo com que não haja um bem comum transnacional absolutamente o mesmo para toda a Humanidade”.4

A mídia de esquerda encheu páginas de protestos e lamentações. Cito apenas este link https://veja.abril.com.br/mundo/brasil-se-retira-do-pacto-global-sobre-migracao/

PT e mídia de esquerda: “viés ideológico” destrutivo e antibrasileiro

Como vimos acima, é a procura do bem comum que proporciona o entendimento recíproco.

Em consequência, o PT e a mídia de esquerda deveriam preocupar-se com o bem comum, ou seja, analisar os projetos, planos, realizações do atual governo em função deste ponto central: o bem do Brasil.

Entretanto, seu viés ideológico de esquerda os leva a “torcidas”, más interpretações e futricas para que o novo governo fracasse. O bem comum que se arranje, o que lhes interessa é desconstruir o atual governo.

O Brasil com o qual sonhamos

O grupo de Lima, que inclui o Brasil e outros 12 países, reunido no início deste ano na capital peruanaQueremos um Brasil que trilhe as vias da Civilização Cristã: uma convicção que eu tenho há muito tempo é que a respeito do Brasil os comunistas [e os petistas] se enganam. Eles têm talvez a impressão de que poderão tomar conta facilmente do Brasil, e não é verdade. Há no Brasil pujanças anticomunistas muito maiores do que eles supõem […] quando esse povo se sente de fato ameaçado, ele sabe levantar-se como um só homem e sabe dar o revide à agressão comunista”.

Recordemos as portentosas marchas nas principais cidades brasileiras a partir de 2015, que culminaram no impeachment de Dilma.

“Esta é a fé com que nós caminhamos para o futuro, quaisquer que sejam as circunstâncias. Poderá ser que provações muito difíceis toldem dos nossos olhos as perspectivas da vitória, pode ser que circunstâncias imprevistas coloquem para nós problemas que hoje não são os nossos. Mas, para além das névoas, para além de tudo aquilo que pode tapar a verdade, no horizonte visual do brasileiro há algo que nada tira: é a imagem do Cristo Redentor, a fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. Esta fé há de nos salvar!”5

____________

1.https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_460804_grande_ausente_onu.htm

2.http://www.pt.org.br/nota-do-pt-repudio-a-posicao-de-bolsonaro-em-relacao-a-venezuela/

3.https://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,brasil-deixa-pacto-global-pela-imigracao-da-onu,70002671958

4.https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG_460804_grande_ausente_onu.htm

5.https://www.pliniocorreadeoliveira.info/DIS%20-%201978-10-17_HiltonRevolucaoRussa.htm

 

 

1 comentário para PT e mídia de esquerda querem desconstruir o Brasil

  1. Luiz Guilherme Winther de Castro Responder

    18 de janeiro de 2019 à 19:21

    Que os comunistas não desistirão, nós todos sabemos.Resta-nos estarmos sempre atentos e educarmos nossos filhos e netos para o perigo que correrão caso sejam influenciados ou cooptados por essa gente maligna. As forças do mal são poderosas, mas, as forças do bem haverão de sempre vencer em nosso amado Brasil.
    Portanto, cuidemos com afinco de nossas crianças e jovens, pois são presas fáceis de professores colegiais e universitários alienados, de jornalistas esquerdistas e intelectuais arrogantes, todos comunistas de carteirinha. O que essa gente tem na cabeça, acredito que nem mesmo o melhor dos psicólogos ou psiquiatras conseguirá decifrar. Será?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *