Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Quem aqueceu o clima no período medieval?

O Período Quente Medieval atingiu todo Ecologiao planeta, alcançando seu auge nos anos 1000-1200. Estudo da Universidade de Hamburgo (Alemanha) confirmou o aquecimento do clima na América do Sul durante a Idade Média, embora ele não possa ser atribuído aos seres humanos, pois os índios só possuíam técnicas primitivas de sobrevivência. O relatório se limita a confirmar que o clima planetário tem ciclos de aquecimento e resfriamento. A contração das geleiras e ascensão da vegetação em zonas andinas, o abreviamento do inverno e a redução dos lagos resultaram de mudanças sem causa humana, mas o esquerdismo ambientalista insiste em nos fazer acreditar que o homem é sempre o responsável pelo aquecimento.

2 comentários para Quem aqueceu o clima no período medieval?

  1. Costa Marques Responder

    21 de janeiro de 2019 à 10:29

    Oportuno comentário. Há uma ponderável corrente de cientistas que contestam a farsa do “aquecimento global”.
    Por outro lado ninguém prova que há aquecimento global: ha especulações … com “viés ideológico” com a finalidade de tribalizar a humanidade.
    Recomendo vivamente https://pliniocorreadeoliveira.info/Tribalismo_last_corre%C3%A7%C3%A3o.pdf
    se você quer saber o fim oculto do tribalismo ambiental. Costa Marques

  2. Luiz Guilherme Winther de Castro Responder

    21 de janeiro de 2019 à 13:18

    Já li há tempos e talvez ainda tenha guardado uma reportagem de um especialista questionando o alarmismo sobre o aquecimento global. Recordo-me, inclusive, de ter visto parte de uma entrevista sua num canal de televisão.
    Se o homem tem, em parte, culpa no assunto por causa dos desmatamentos incontroláveis, também não duvido, pois a ganância é demais e a mãe natureza merece mais respeito.
    Com relação ao amor à terra e à natureza podemos lembrar-nos da famosa carta do cacique Seatlle ou chefe Seatlle.
    Fonte: “Trechos de um diário: O Cacique Seattle: Um cavalheiro por instinto”. 10º artigo da série “Primeiras Reminiscências” – Seattle Sunday Star, 29 de outubro de 1887 do articulista Henry Smith (tradução livre, pela equipe de Floresta Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *