Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

ROMA — Monumental manifestação no “Dia da Família” contou com 2 milhões de participantes

Paulo Roberto Campos

Family Day

Apesar de o Vaticano não ter apoiado oficialmente, nem colaborado recomendando aos bispos para mobilizarem seus diocesanos, incentivando-os a afluírem ao “Family Day”, o número de manifestantes superou todas as expectativas. Tal omissão da hierarquia católica deixou perplexos incontáveis fiéis, mas alguns bispos, isoladamente, apoiaram a manifestação, inclusive um eminente prelado: o cardeal Angelo Bagnasco garantiu seu apoio.

Family DayNo último sábado (dia 30), o gigantesco evento se realizou bem no coração da Cidade Eterna, o “Circo Massimo” — local em que muitos cristãos foram martirizados no período do Império Romano e onde se conservam diversas ruínas da Roma Antiga.

Tão imenso é esse parque público, que especialistas haviam garantido que seria praticamente impossível lotá-lo. Entretanto, a afluência foi maciça, com pessoas de todas as partes da Itália, até mesmo delegações de outros países. Assim, os mesmos especialistas afirmaram que nunca aquele lugar histórico esteve tão repleto.

O evento representou uma categórica recusa dos italianos ao “casamento” homossexual. Recusa à avassaladora “onda” antifamília impelida por organismos da União Europeia — como a Corte Europeia de Direitos do Homem. Concretamente, foi uma rejeição ao Projeto de Lei n° 2081 (“lei Cirinnà”), cuja relatora é a senadora Monica Cirinnà, do Governo Matteo Renzi, o qual prevê uma espécie de “casamento” homossexual — chamado de modo eufemístico de “união civil”. O evento também representou um protesto contra o plano do governo italiano de favorecer a adoção de crianças por parte de “duplas” do mesmo sexo, de subsidiar a procriação mediante “barriga de aluguel” e de implantar a “Ideologia de Gênero nas escolas.

Family Day

Segundo os organizadores do movimento “Defendendo Nossas Crianças”, mais de 2 milhões de pessoas estiveram presentes no “Circo Massimo”. Eram pais, mães e filhos; gente de todas as idades e condições sociais; leigos e religiosos; milhares de associações; enfim, pessoas dispostas a lutar para proteger a família tradicional como estabelecida por Deus, ou seja, entre um homem e uma mulher numa união monogâmica e indissolúvel. Neste sentido, na concentração podiam-se ouvir diversos slogans, bem como a exibição de milhares de faixas, inclusive contra o ensinamento da “Ideologia de Gênero” às crianças.

Family DayMuitos que não puderam viajar a Roma organizaram manifestações menores em suas respectivas cidades com o mesmo objetivo: exigir do governo italiano a total rejeição da “lei Cirinnà“, antinatural e frontalmente contrária à Lei de Deus.

No ano passado, o “Family Day” — que reuniu quase 1 milhão de pessoas na praça San Giovanni in Laterano — conseguiu barrar temporariamente o esdrúxulo projeto. Mas ele foi novamente posto em pauta e será votado nos próximos dias.

Massimo Gandolfini, um dos organizadores do evento, declarou sobre esse projeto antifamília: Não é aceitável desde a primeira até a última palavra. E não adianta fazer uma operação cosmética [para salvá-lo], mas é necessária uma operação radical, pois não se trata de mudar algumas palavras. O projeto de lei deve ser rejeitado integralmente.”

Blog da Familia 33Blog da Familia 32Blog da Familia 27Blog da Familia 26Italy Civil UnionsFamily DayFamily DayFamily DayFamily DayFamily DayFamily DayFamily DayFamily DayFamily DayFamily DayFamily Day

4 comentários para ROMA — Monumental manifestação no “Dia da Família” contou com 2 milhões de participantes

  1. Fernando Lopes de Almeida Soaresl Responder

    2 de fevereiro de 2016 à 8:58

    *

    Solícito substituir
    pelo texto revisado
    que segue.

    Grato, FLASh

    .

  2. Fernando Lopes de Almeida Soaresl Responder

    2 de fevereiro de 2016 à 8:59

    *

    Na Cidade Eterna
    megamanifestação
    defende à Família?

    – FLASh

    http://www.abim.inf.br/roma-monumental-manifestacao-no-dia-da-familia-contou-com-2-milhoes-de-participantes/#.VrBJPRnJ3qA

    *

    “Yo no creo en brujas,
    pero que las hay, las hay”,
    crédulos ufólogos?

    Comandam ETs
    à Ideologia de Gênero
    e Islâmico Estado?

    – FLASh

    https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1233764939968791&id=100000058891987

    *

    Condenada escola
    por compêndio pornográfico
    doado a uma criança?

  3. ely Responder

    2 de fevereiro de 2016 à 9:31

    É uma vergonha o nosso Líder Religoso não incentivar a manifestação pela Família. A omissão Deus cobrará dele e de todos os Cardeais, Arcebispos, Bispos, Padres e os Leigos, porque se calando e omitindo, conforme diz a Bíblia, as Pedras falarão. Isso não deveria acontecer nunca especialmente onde reside e tem o Estado do Vaticano.O Papa não se pode omitir em nada. Parece-me que não estão ligando mais para a Instituição Família; parece-me que todos aqueles que calaram são da teologia da libertação que se interessa e quer enquadrar o momento político na Palavra de Deus. É um absurdo. A única coisa que posso fazer é pedir, suplicar a Jesus que perdoe essas falsidades com ELE que acontece no CLERO. Perdoe-me, mas vejo que estão conseguindo fazer com que a IGREJA CATÓLICA FIQUE MUDA DIANTE DE FATOS QUE ACONTECEM NO MUNDO INTEIRO.Senhor, TU que ordenaste os Sacerdotes segundo a Ordem de Melguisedeque, conforme nos diz Hebreus 5 ( 1-7), para que os mesmos sejam a sua BOCA e que não temam nada pois estais com eles todos os dias de suas vidas, fazei que os mesmos não tenham medo de perder a vida por VÓS, porque perdeste por nós, pelos Sacerdotes do mundo inteiro. Fazei com que eles não se intimidam com as Leis estatais e assumem realmente a LEI DIVINA- BÍBLIA SAGRADA e a tradição; que não se acovardem nunca pela SUA CAUSA. FAÇAM COM QUE VOLTEM A TE AMAR MUITO E NÃO TENHAM MEDO DE ANUNCIAR O SEU EVANGELHO A TODAS AS CRIATURAS.amém.

  4. Marcos Costa Responder

    3 de fevereiro de 2016 à 1:40

    Quase inacreditável que o Vaticano se tenha omitido de apoiar essa manifestação pela familia, pela vida, contra as aberrações morais de nossos dias. Um ou outro bispo isoladamente e somente isso.
    Lamentável essa decadência da hierarquia eclesiástica de alto nivel.
    CostaMarques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *