Rússia: guerra híbrida na Lituânia, Ucrânia, França e Alemanha

Lituania“Nós não nos renderemos jamais!”, declarou Dalia Grybauskaité [foto], presidente da Lituânia, cujo povo teme a invasão russa. Mirages franceses vigiam o céu lituano, habitualmente violado por voos de intimidação por parte da Rússia. Em terra, soldados americanos, canadenses e europeus treinam para combater num clima adverso. O serviço militar foi restabelecido. Cada cidadão recebeu uma cartilha para resistir à invasão. O ministro de Defesa britânico, Michael Fallon, acusou o Kremlin de usar militarmente a desinformação e a pirataria informática. Teme-se que, assim como tentou falsear as eleições americanas, a guerra híbrida russa movida por Putin atue nas eleições presidenciais francesas de maio e nas legislativas alemãs de setembro para favorecer “amigos” nesses países.

 

Um comentário para "Rússia: guerra híbrida na Lituânia, Ucrânia, França e Alemanha"

  1. Antonio Jamesson Costa Nascimento   20 de março de 2017 at 0:18

    A Terceira Guerra Mundial já começou e está em curso!