O Bispo, o rio e o pecado

Hélio Dias Viana* A greve de fome — a segunda — a que se submeteu o Bispo de Barra (BA), D. Luiz Cappio, sugere algumas reflexões. Em primeiro lugar, sua atitude é típica dos adeptos da Teologia da Libertação, que desviam as atribuições do religioso para o plano meramente humano e temporal, deduzindo daí toda […]