Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Túnel turco Ásia-Europa aumenta temores de “invasão” islâmica

Luis Dufaur

Túnel turco Ásia-Europa aumenta temores de “invasão” islâmica

Foto de satélite com a linha do Marmaray em vermelho. O traço ponteado representa o túnel submarino

A Turquia inaugurou o primeiro túnel subaquático do mundo a ligar dois continentes. Trata-se do túnel ferroviário Marmaray, de 13,6 km, com uma parte submersa de 1,4 km à prova de terremoto, que conectará a Ásia e a Europa sob o estreito de Bósforo, em Istambul. A Turquia é o principal país de passagem de imigrantes muçulmanos para a Europa. Ela foi durante séculos o maior inimigo da Cristandade, tendo protagonizado dramáticas invasões, como as que culminaram na batalha de Lepanto no século XVI e no Cerco de Viena no século XVII.

Os novos governos turcos estão ressuscitando o espírito visceralmente anticristão e agressivo de outrora. E o túnel reavivou velhos e justificados temores quanto às intenções de conquista da Europa por esse populoso país islâmico. Construído com financiamento do Banco Europeu de Investimento (BEI), a União Europeia criou com o túnel mais um fator de intranquilidade entre os europeus, que veem com desconfiança a “invasão” islâmica em curso.

_________  
(*) Luis Dufaur é colaborador da Agência Boa Imprensa (ABIM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *