Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Um dogma que desperta o ódio do homem igualitário

Plinio Corrêa de Oliveira

Imaculada Conceição

Monumento que o Bem-aventurado Papa Pio IX mandou erigir na Praça de Espanha, em Roma, após a proclamação do dogma da Imaculada Conceição

Neste dia 8 a Igreja celebra a festa da Imaculada Conceição. Em memória desta data, transcrevemos comentário de Plinio Corrêa de Oliveira, extraído de conferência em 16-6-1973. [sem revisão do autor]

 

Imaculada Conceição“O dogma da Imaculada Conceição de Nossa Senhora [proclamado pelo Bem-aventurado Papa Pio IX, mediante a Bula Ineffabilis (1854)] ensina que Ela foi concebida sem pecado original. Desde o primeiro instante de seu ser, em nenhum momento teve qualquer nódoa da mácula original.

A lei inflexível, pela qual todos os descendentes de Adão e Eva até o fim do mundo nasceriam com o pecado original, foi suspensa por Deus quanto a Nossa Senhora. De maneira que Ela não ficou sujeita às misérias e às más inclinações que pesam sobre todos os homens.

Tudo na Santíssima Virgem tendia harmonicamente para a verdade e para o bem; tudo n´Ela inclinava-se para Deus. Ela era cheia de graça!

Ora, ensinar que uma mera criatura tivesse esse privilégio extraordinário é fundamentalmente anti-igualitário. E proclamar esse dogma era definir uma tal desigualdade na obra de Deus, uma tal superioridade de Nossa Senhora sobre todos os outros seres, que evidentemente haveria de fazer espumar de ódio todos os espíritos igualitários”.

4 comentários para Um dogma que desperta o ódio do homem igualitário

  1. Marcos Costa Responder

    9 de dezembro de 2013 à 9:13

    O comentário do Prof Plinio Corrêa de Oliveira sobre o caráter anti-igualitário do dogma da Imaculada Conceição pressupõe — é claro — que a desigualdade é um bem em si mesma. O mundo moderno está trabalhado a fundo pelo igualitarismo desde a Renascença como ensina o Prof Plinio no livro Revolução e Contra-Revolução. A ABIM poderia desenvolver esse pressuposto para melhor compreensão do mal do igualitarismo? Agradeço. Marcos Costa

    • Paulo Roberto Campos Responder

      9 de dezembro de 2013 à 22:27

      Prezado Marcos
      Agradecemos seu comentário, sem dúvida, muito pertinente. ABIM pretende publicar outras matérias a respeito desse importante tema. Enquanto isso, pode-se ler diversas matérias da lavra de Plinio Corrêa de Oliveira no link abaixo. Basta, no item “PESQUISAR”, procurar por um desses dois verbetes (ou ambos):
      DESIGUALDADE
      ou
      IGUALITÁRISMO

      http://www.pliniocorreadeoliveira.info/novidades.asp

  2. Orquídeo Mimósio Responder

    9 de dezembro de 2013 à 22:06

    Emocionante! Estas palavras me fizeram tirar lágrimas de emoção, primeiro por sentir que o autor tem uma alma tão sublime que parece divina. Segundo por perceber que Nossa Senhora é realmente FILIA DILECTA DEI PATRIS, e a mais perfeita obra do Senhor. Terceiro ao pensar que Deus escolheu uma morada imaculada para morar durante 9 meses, porém ele todos o dias quer entrar “SUB TECTUS MEUS” durante uns 10 minutos e encontra lá o quê? Que a Virgem Imaculada remova nossas racionalizações, comodismos, luxúria…se fosse mencionar tudo… Que Ela nos recupere e/ou nos conserve a castidade. Fiat fiat!

  3. Gustavo Francisco Bueno Responder

    11 de dezembro de 2013 à 3:08

    Com o maior dos respeitos e uma grande admiração posso dizer e entender palavra por palavra o quanto Nossa Senhora é para mim tão importante e sublime, além de qualquer alma humana !!.Em 1979 eu estava em serviço em uma área crítica das Forças Armadas, especificamente na inteligência militar, já voltando para casa sendo umas nove horas da noite, “algo” fez que estacionasse meu carro frente à igreja Nossa Senhora de Guadalupe e entrasse no templo, após quinze minutos saí retornando ao lugar onde estava meu comando e a surpresa foi grande porque ali tomei conhecimento do atentado que estavam preparando contra minha pessoa para me eliminar(1979).Em 8 de Dezembro de 1982,estando na Europa e sendo vigiado pela tristemente famosa Stassi (serviço secreto da Alemanha oriental),consegui “passar”inadvertido no embarque para Hamburgo por isto é que não tenho a mínima dúvida do amparo no dia dela.OBRIGADO!!

Deixe uma resposta para Orquídeo Mimósio Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *