Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

“Vida digital” prejudica desenvolvimento da inteligência

Muitas horas dedicadas à “vida digital” obnubilam a inteligência da juventude, escreveu Mark Bauerlein, professor da Universidade Emory, de Atlanta (EUA). O juízo do Prof. Bauerlein encontra-se no livro “A mais burra das gerações: como a era digital está emburrecendo jovens americanos e ameaçando nosso futuro”, fortemente apoiado em pesquisas científicas.

O vício de passar horas diante do computador, videogames, iPods e TVs impede que os jovens formem seu caráter, desenvolvam sua cultura e se tornem capazes de lidar com a vida real. “Os pais deveriam fixar um período –– por exemplo, uma hora por dia –– em que jovens e adultos devem se desconectar totalmente de qualquer coisa e se dedicar a ler”, propõe Bauerlein.
(Agência Boa Imprensa – ABIM)

1 comentário para “Vida digital” prejudica desenvolvimento da inteligência

  1. Ojomp Responder

    21 de julho de 2008 à 14:09

    Não tenho conhecimento sobre a pesquisa nem tão pouco sou cientista para, se tivesse acesso a mesma, avaliar seus métodos de análise e como chegou a essas conclusões. Talvez já até faça parte dessa geração ou seja um intermediário já com os reflexos descritos no texto. Independente disso, no dia a dia, obeservo cada vez mais jovens que aparentam uma inteligência e capacidade muito ampliadas, se comparadas ao meu pobre padrão, porém, restritos a informática, games e músicas, além da operação de novos equipamentos, que já era comum a jovens da minha época, difícilmente vai-se além disso e quando vai é extremamente superficial, exatamente como se observa na dita internet. Muitas vezes ele ou ela menciona ou responde a um assunto, atual ou antigo, com rapidez mas logo percebo que não há qualquer profundidade, e então a conversa vira um monólogo ou pior um show de ‘achismos’ e opiniões desastradas, tentando ou as vezes acreditando, saber sobre o que está falando. A não ser sobre computadores, equipamento e games, além de música, na maioria das vezes igualmente pobre. Mas são nossos tempos! Embarcando na onda do excesso de televisão, é como o comercial que apresentando diversos fenômenos e algumas catastrofes “‘provocadas’ pela natureza” ao som de Louis Armstrong, menciona “…sua geração queria mudar o mundo… e conseguiu!”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *