Mosteiros fecham extinguindo história católica da Espanha

Após 805 anos de existência, o mosteiro de Santo Domingo el Real de Madrid, que abrigava a pia batismal de São Domingo de Gusmão na qual são batizados os herdeiros da coroa espanhola, foi suprimido pelo Vaticano, por falta de religiosas.

Por sua vez, o convento das carmelitas descalças de Ronda (Málaga), responsável pela guarda da relíquia da mão incorrupta de Santa Teresa de Jesus, poderá ser fechado por razões análogas.

As relíquias serão transferidas, mas “a maior vergonha”, disse a carmelita Sóror Jennifer, é a extinção desses e muitos outros mosteiros por efeito do devastador vento pós-conciliar.