Saudades de Notre-Dame impulsionam sua restauração

Já foram escolhidos os oito majestosos carvalhos de dois séculos [foto], cuja preciosa madeira sustentará a nova agulha da catedral de Notre-Dame de Paris.

A estrutura de 300 toneladas será feita com instrumentos medievais, seguindo os planos do arquiteto Eugène Viollet-Le-Duc, que restaurou a catedral no século XIX.

Ao todo, 1.000 carvalhos seletos foram oferecidos gratuitamente para o telhado da catedral. Eles provêm de várias regiões francesas e até do exterior, inclusive de 150 florestas particulares. As mil árvores utilizadas representam apenas 0,1% do corte anual de carvalho na França.

O caos que assalta o país reacendeu a saudade da ordem, hierarquia e beleza, conferindo um impulso espontâneo à restauração da catedral de Nossa Senhora, Rainha da Cidade Luz, de acordo com o modelo medieval.