A maravilhosa Assunção de Nossa Senhora

A maravilhosa Assunção de Nossa Senhora

“A Imaculada Mãe de Deus, a sempre Virgem Maria, terminado o curso de sua vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celestial”  Com essas imorredouras palavras, o Santo Padre Pio XII definiu o dogma da Assunção da Santíssima Virgem ao Céu em corpo e alma, solenemente proclamado no dia 1º de novembro […]

O Papa Francisco dogmatiza o Concílio Vaticano II

O Papa Francisco dogmatiza o Concílio Vaticano II

José Antonio Ureta * O pontificado de Francisco representou uma verdadeira mudança de paradigma até em relação à imposição, aos tradicionalistas, das novidades do Concílio Vaticano II: passou-se da cenoura ao pau, dos incentivos às ameaças. Quando ainda cardeal, Joseph Ratzinger havia reconhecido, com honestidade, que «verdade é que este particular Concílio [Vaticano II] não definiu dogma […]

A Imaculada Conceição na luta entre a Revolução e a Contra-Revolução

A Imaculada Conceição na luta entre a Revolução e a Contra-Revolução

O dogma da Imaculada Conceição de Nossa Senhora foi proclamado por Pio IX com a bula Ineffabilis Deus, de 8 de dezembro de 1854. Em memória desse acontecimento, seguem alguns comentários de Plinio Corrêa de Oliveira. Um dos fatos mais culminantes do pontificado de Pio IX [1846-1878] — depois de São Pedro, o pontificado mais […]

O inocente menino e a Assunção de Nossa Senhora

O inocente menino e a Assunção de Nossa Senhora

Plinio Maria Solimeo          Tivemos há pouco a festa da Assunção de Nossa Senhora aos céus. Poucas pessoas sabem que a promulgação desse dogma por Pio XII se deveu em alguma medida a uma revelação da Mãe de Deus a um menino francês de apenas cinco anos.          A história de Gilles Bouhours é praticamente […]

A triunfante Assunção de Nossa Senhora

A triunfante Assunção de Nossa Senhora

O gáudio da Igreja triunfante (no Céu), da Igreja militante (na Terra) e da Igreja padecente (no Purgatório) No dia 1º de novembro de 1950, o Santo Padre Pio XII, através da Constituição dogmática Munificentissimus Deus, definiu o dogma da Assunção da Santíssima Virgem em corpo e alma ao Céu, confirmando assim a devoção já […]

Fundamento do Dogma da Assunção de Nossa Senhora

Fundamento do Dogma da Assunção de Nossa Senhora

Dogma definido no dia 1º de novembro de 1950 pelo Papa Pio XII, por meio da Constituição dogmática “Munificentissimus Deus”   A Assunção de Nossa Senhora ao Céu em corpo e alma, que se comemora a 15 do corrente, é verdade conhecida na Santa Igreja desde os tempos mais remotos. É também o mais recente […]

A GLORIA DA ASSUNÇÃO

A GLORIA DA ASSUNÇÃO

Na festividade da Assunção de Nossa Senhora, que se comemora no dia 15 deste mês, celebra-se a glorificação da Santa Mãe de Deus    “Os antigos, quando falavam da festa da Assunção, diziam que era a festividade de Nossa Senhora da Glória. Eles entendiam bem que a Assunção não é apenas o fato físico de […]

Maria Imaculada, obra-prima de Deus

Maria Imaculada, obra-prima de Deus

Ao considerar o universo em sua unidade e variedade, em sua perfeição e esplendor, em sua hierarquia harmônica e matizada, não se pode deixar de admirar nas criaturas a grandeza sem medida de uma ordem perfeita e equilibrada. Na sua simplicidade e alvura, o lírio, por exemplo, foi enaltecido pelo divino Salvador, quando disse que […]

Assunção — O triunfo de Nossa Senhora

Assunção — O triunfo de Nossa Senhora

  É dogma de fé a Assunção de Nossa Senhora aos Céus em corpo e alma — festa que a Santa Igreja celebra no dia 15 deste mês. A proclamação desse dogma confirmou a devoção já praticada desde os primeiros séculos. A propósito dessa data, transcrevemos comentário do Prof. Plinio proferido em palestra de 14-8-1965 […]

Inferno: os tempos mudaram?

Inferno: os tempos mudaram?

Imaginemos um teólogo em cujo espírito germinasse uma ideia nova sobre uma doutrina já consagrada e sempre ensinada na Igreja Católica, qual seja a da existência do inferno e de sua eternidade. Era de se supor que ele bem poderia colocar em risco seu futuro e cair no ostracismo. Em não longínquo passado o ex-frei […]