NOMES PITORESCOS, SEM CARRANCA COMUNISTA

NOMES PITORESCOS, SEM CARRANCA COMUNISTA

Na crônica O sabor da língua, o cronista mineiro Ivan Angelo, exilado como eu na metrópole paulista, trata de assunto semelhante ao que abordei nas crônicas Os nomes que as ruas têm e Nomes que as ruas não têm. Ressalta alguns aspectos pitorescos dos nomes de ruas e outros, que ele encontrou em Portugal. Como […]

OS NOMES QUE AS RUAS TÊM

OS NOMES QUE AS RUAS TÊM

Num dia especialmente desocupado, ocupei-me com os nomes das ruas em São Paulo. No território frequentado pelas más línguas, consta que a única função dos vereadores é escolher nomes para as ruas. Quem o afirma não sou eu, e sim essa entidade anônima e inescrupulosa que se oculta sob a fórmula “todo mundo sabe”. E […]