A Alemanha perdeu a razão?

A Alemanha vai eliminar a energia nuclear e as usinas a carvão para conter as “mudanças climáticas”. Entretanto, o governo incentiva os carros elétricos, que exigem mais eletricidade, cujo consumo cresceu 10% desde 1990. Mas, como não há sol nem ventos para as fontes renováveis, que deveriam compensar a perda de energia nuclear e fóssil, a Alemanha ficará sem energia.

Isso levou Steven Pinker, professor e psicólogo de Harvard, a indagar se “a Alemanha perdeu a razão” ao tomar essa decisão “paranoica”. É um caso a ser diagnosticado por psicólogos ou por um bom moralista. Talvez por um exorcista, desde que não seja desses que engoliram os sofismas da Laudato sì ou se empolgaram com o Sínodo Pan-amazônico.