Doentes mentais trabalhavam como escravos na China

Mais dez empresários chineses foram presos por maltratar e escravizar doentes mentais em fábricas de tijolos do leste da China (foto), informou a agência oficial marxista “Xinhua”. O fato não é novo, é até corriqueiro, ocorrendo sob o olhar cúmplice das autoridades. A escravidão é um fato oficial e atinge milhões em fábricas-prisão, campos de reeducação pelo socialismo e até fábricas oficiais que trabalham para firmas ocidentais. O caso veio à tona quando as famílias denunciaram pela Internet que seus filhos foram seqüestrados e vendidos como escravos em Shanxi. Hoje o governo socialista se empenha para que denúncias dessas não apareçam mais na Internet.

_______
Agência Boa Imprensa

Um comentário para "Doentes mentais trabalhavam como escravos na China"

  1. Anonymous   22 de julho de 2009 at 11:32

    VAMOS UNIR FORÇAS E ORAÇOES PARA QUE DEUS TENHA PIEDADE DESTAS PESSOAS QUE EXPLORAM O SER HUMANO E PARA QUE A DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA SEJA IMPLANTADA EM TODOS OS PAISES DO MUNDO.