Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

“Arte contemporânea”, caos mental e insensibilidade

Arte Moderna

A escola de “arte contemporânea” visa produzir o caos mental, apelando para imagens absurdas, cruéis, enlouquecedoras e agressivamente feias, desatarraxando a inteligência, a vontade e a sensibilidade dos homens. Seus efeitos são perceptíveis na vida cotidiana. Um exemplo recente ocorreu na famosa galeria Art Basel, em Miami Beach (EUA), onde uma moça foi esfaqueada; apesar de coberta de sangue, não recebeu auxílio de centenas de visitantes. Estes estavam insensibilizados pelas monstruosas exibições da “arte contemporânea” e julgaram tratar-se de mais uma maluca e extravagante “obra de arte”. Funcionários da galeria ficaram estarrecidos com essa situação e chamaram uma ambulância e a polícia. Após passar por cirurgia, a jovem pôde ser salva.

1 comentário para “Arte contemporânea”, caos mental e insensibilidade

  1. Fernando Lopes de Almeida Soaresl Responder

    25 de janeiro de 2016 à 12:40

    *

    Almeja a “obra de arte
    contemporânea” causar
    mental confusão?

    Esfaqueada jovem
    na poça de sangue é artística
    performance a mais?

    – FLASh

    http://www.abim.inf.br/arte-contemporanea-caos-mental-e-insensibilidade/#.VqWb-RnJ3qA

    *

    Julgando macumba
    à aplaudida “instalação”
    varre a faxineira?

    – FLASh

    http://www.abim.inf.br/faxineira-ve-obra-de-arte-contemporanea-em-museu-e-faz-limpeza/#.VmUZtxnJ3qA
    https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1680844555491878&id=100006990498330

    *

    Poema
    em trovas,

    GALERIAS ENOBRECEM?

    – Fernando L A Soares (FLASh)

    Que maravilha um artista,
    fada talento bendiz,
    graciosos pontos de vista
    tornando a vida feliz!

    Se alma arrasta uma obra de arte
    fascinante rumo ao céu
    qual esplêndido estandarte
    há que tirar o chapéu.

    Sem apoio de um mecenas,
    quanto artista voo ensaia
    e por um detalhe apenas
    não vem a morrer na praia!

    Qual mensagem afinal
    uma obra artística emana,
    sem o toque essencial
    que eleva à cultura humana?

    Vez por outra não assustas
    com acintoso menoscabo
    mais parecendo robustas
    pinceladas do diabo?

    Global tirânica aldeia
    ecoando aplausos insanos
    à esotérica obra feia
    dos artistas levianos?

    Galerias enobrecem
    mostrando obra-prima quanta
    e a um gênio jamais esquecem
    apreciadores que encanta!

    – FLASh

    *

    poetafernandosoares@gmail.com
    facebook.com/cronipoeta
    cronipoesias blogspot.com
    WhatsApp etc 319 9882 5505 Oi?

    .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *