Ecologistas radicais oferecem farinha de… baratas!

Ecologistas radicais oferecem farinha de... baratas!

Estudantes da Universidade Federal do Rio Grande (UFRG) criaram uma farinha de baratas (sic!), bem ao gosto dos extremistas ecológicos. Para preparar a nojenta farinha, as baratas são desidratadas e trituradas, sendo o resultado peneirado e misturado à massa para pães!

Ao obrigar o homem a comer insetos, a obsessão ambientalista o rebaixa ao nível dos bárbaros mais degradados. Segundo ela, a Terra não pode alimentar a humanidade sem uma drástica redução da população, alegação facilmente desmentível: apenas o Brasil produz alimentos para um bilhão e meio de pessoas, e poderá produzir ainda muito mais.

A “farinha” repugnante aguarda a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Mais um absurdo de uma época que se afastou da sabedoria característica da civilização cristã.

Um comentário para "Ecologistas radicais oferecem farinha de… baratas!"

  1. José de ribamar   22 de abril de 2017 at 7:59

    penso que o seresultado humano chegou ao
    ao limite da degradação.
    Mas o que esperar de umim mundo
    sem Deus.