A Terra está esfriando: cientistas corrigem dados falsos

A conceituada revista “National Oceanic and Atmospheric Administration” (NOAA) divulgou 115 recordes históricos de frio no mês de outubro último. O gelo polar ártico está se acumulando mais rapidamente que o habitual, e os especialistas concordam que o planeta não esquentou desde 1995, escreveu Wesley Pruden no “The Washington Times”. O meteorologista americano Anthony Watts e o analista em computação canadense Steve McIntyre denunciaram o Dr. James Hansen, do Goddard Institute for Space Studies, por apresentar os dados de setembro como se fossem de outubro, para poder afirmar que outubro foi o mais quente da História… A NASA reconheceu a falsidade, mas atribuiu-a a informações truncadas fornecidas pela Rússia. Também foram desclassificados os números para outubro fornecidos pelo contestado International Panel on Climate Change (IPCC) da ONU, outro dos centros que alimentam o pânico do “aquecimento global”.
(Agência Boa Imprensa –– ABIM)