Em perfeito estado de conservação, hóstias consagradas em 1936

Consagradas há mais de 80 anos, 16 hóstias se encontram como novas na igreja de San Millán, em Moraleja de Enmedio, cidade a 22 km de Madrid. Consagradas dois dias antes do início da Guerra Civil espanhola (1936), os comunistas tentaram pegar essas hóstias.

A fim de evitar sacrilégios, elas foram ocultadas num telhado, dentro de uma âmbula, e depois enterradas. Ao ser recuperada, a âmbula estava enferrujada, e apodrecido o tecido que a cobria. Hoje elas se acham numa âmbula de cristal, tendo o bispo D. Joaquín Maria López certificado o prodígio.

Grandes milagres lhes são atribuídos. Em 1935 o Pe. Roberto García Trejo, pároco anterior à referida consagração, quando agonizava predisse que a sua esquecida paróquia atrairia romarias — prognóstico que se realizou em nossos dias, com o milagre da conservação das Sagradas Hóstias.