Nostalgia russa de uma nova União Soviética

O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu [foto], acenou com uma nova União Soviética. Isso foi interpretado como intenções da Rússia em relação à Ucrânia e, embora fora de contexto, seus desejos coincidem com os de Putin, revelando nostalgia da falida URSS.

O vice-presidente do Conselho de Segurança russo, Dmitri Medvedev, vituperou a independência das ex-repúblicas soviéticas escrevendo: “Eu as odeio. São bastardas e degeneradas. Elas querem a morte para nós, para a Rússia. E enquanto eu viver, farei de tudo para que elas desapareçam”.

Restaurando uma prática comunista, o primeiro-ministro russo Mikhail Mishustin refez uma cadeia de lojas só para diplomatas.