EMPADA DE GAFANHOTO PARA AMBIENTALISTAS

EMPADA DE GAFANHOTO PARA AMBIENTALISTAS

Em Moscou, antes da revolução soviética, o padeiro Ivanov era fornecedor da corte do Czar. Foi intimado a se apresentar em palácio, devido a grave acusação. — Como é que você explica isso? O Czar exibia pessoalmente um pedaço de pão, onde uma aranha se destacava com todas as suas formas e repugnâncias. Sem se […]

INTERNET QUE BURRIFICA

INTERNET QUE BURRIFICA

Numa dessas trocas apressadas de informações, comuns entre vizinhos que só se conhecem dos múltiplos encontros casuais em elevador, eu disse à minha vizinha: — A senhora é a terceira Lucinda que eu conheço. — Ah é!? Com este nome, só conheci minha mãe. Posso saber quais outras o senhor conheceu? — A primeira foi […]

Como zombar da fé com uma arte inexistente

Como zombar da fé com uma arte inexistente

Na 31ª Bienal de São Paulo, um conjunto de obras blasfemas e anticatólicas revela a perseguição religiosa e o acinte público a Deus Daniel F. S. Martins O conjunto de obras expostas na 31ª Bienal de Arte de São Paulo (6 de setembro a 7 de dezembro) constitui um amontoado anticristão de caráter ocultista, sacrílego […]

Aos cem anos da Grande Guerra

Aos cem anos da Grande Guerra

No tempo em que a música era uma nobre arte, as grandes peças musicais geralmente começavam com uma ouveture (abertura) e terminavam com um finale. Em linguagem figurada, o mesmo podemos dizer de qualquer espaço de tempo delimitado, por exemplo um século. Exemplifiquemos com o século XX. Seria uma grande desordem se esse período tivesse começado […]

ARTE MODERNA E OS ENTENDIDOS

ARTE MODERNA E OS ENTENDIDOS

Muito bom pintor, o meu amigo. Mas descambou para a arte moderna, e parei de elogiar os seus quadros. Como o caro leitor sabe, minha verrina se limita a esbordoar quem o merece. Quanto a elogios, também limitam-se ao que merece. Se parei de elogiar os quadros do meu amigo, é porque os novos não […]

Via internet, atentado à moral e aos bons costumes

Via internet, atentado à moral e aos bons costumes

Exposição nudista com as próprias fotos: péssima e perigosa tendência imoral entre jovens alemães Um estudo da Universidade de Merseburg (Alemanha) mostra que cinco moças e nove rapazes, entre 16 e 18 anos, já se fotografaram despidos. O jornal “Saarbrücken Zeitung” publica em artigo que seis por cento desses jovens expõem suas fotos na internet. […]

AZULZINHO ENVERGONHADO, ESSA DECADÊNCIA

AZULZINHO ENVERGONHADO, ESSA DECADÊNCIA

           Surpreendeu-me agradavelmente a mensagem de um leitor sobre minha crônica “muito esclarecedora” (Brim cáqui – lona – blue jeans), onde qualifiquei jeans como azulzinho envergonhado. Mais agradável ainda, a indicação que ele me fez de um link do Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=5EmSLr3kZeA         Agradeço ao leitor pela mensagem e pela indicação desse vídeo, onde retratos […]

IGUALITARISMO HUMANO-CANINO

IGUALITARISMO HUMANO-CANINO

De modo geral, as cidades e seus logradouros recebem nomes relacionados com pessoas ou características diversas, indicadoras do interesse da população local. Depois os fatos e interesses mudam, e a vinculação inicial que deu origem ao nome vai sendo esquecida. Por exemplo, quando criança eu ouvia referências a uma cidade mineira chamada Ponte Nova. Setenta […]

A marcha do deiforme para o disforme, e daí para o informe

A marcha do deiforme para o disforme, e daí para o informe

  Que lugar deve ocupar a arte entre as atividades humanas? Segundo São Boaventura, há uma semelhança entre o Criador e a criatura. É essa semelhança que nos permite elevar-nos até Deus por meio das criaturas, e é nesse grande anseio de elevação que se deve encontrar o lugar da arte.(1) Como afirma Plinio Corrêa […]

Banalidade custa caro

Banalidade custa caro

O leitor já deve ter ouvido falar em dadaísmo, ramo da arte moderna que busca a ruptura total com as formas de arte tradicionais. Portanto, um movimento com forte conteúdo anárquico, que pouco tem a ver com a verdadeira arte. Como tudo quanto costuma ser apresentado como moderno, ele vai afundando no esquecimento. A figura […]