Presidente da Guatemala veta organização abortista no país

Costa Marques

“Sou um defensor fiel da vida e sou enfático em afirmar que não endossarei em meu governo a criação, registro ou lançamento de qualquer organização que atente contra a vida”, disse o presidente guatemalteco Alejandro Giammattei [foto acima]. 

Conforme matéria do site LifeSiteNews (11-11-20, “O presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, revogou um acordo para permitir que a Planned Parenthood Global abrisse um escritório no país.” 

“Reconheço a vida desde a concepção e por isso não tolerarei em minha gestão nenhum movimento que viole o que está estabelecido em nossa Constituição Política da República, que vá contra os valores com os quais fui criado e que entre em conflito com meus princípios de médico”, escreveu o presidente, que é também médico. 

Esses Valores são aqueles estabelecidos de acordo com a Lei Natural e os Mandamentos da Lei de Deus. O aborto é um pecado gravíssimo. 

O valor e alcance da reação conservadora

“Em 7 de outubro, o Ministério do Interior do país fez um acordo com a Planned Parenthood para operar na Guatemala. Mas quando esse acordo foi tornado público em 2 de novembro, grupos contrários ao aborto fizeram sua oposição claramente ouvida, resultando na rescisão do acordo e na renúncia do Ministro do Interior responsável por sua aprovação inicial.” 

*    *    * 

Essa é a nossa posição: vamos fazer valer os direitos de Deus, da Santa Igreja, da integridade moral de nosso País defendendo a vida desde a concepção até a morte natural. 

O aborto é uma plataforma inerente à Planned Parenthood. Nos EUA a TFP [foto] tem feito protestos pacíficos contra a matança dos inocentes. 
Joe Biden e Kamala Harris são protagonistas do aborto. Ainda recentemente, quando o Senado americano sabatinava a Juíza Barret, Kamala aproveitou-se da ocasião para fazer apologia do aborto. 

Esquerda e aborto são afins aqui, lá e acolá. O aborto é um pecado gravíssimo contra Deus e contra o próximo.

 ____________ 

Fhttps://www.lifesitenews.com/news/guatemala-blocks-planned-parenthood-from-opening-office-in-the-countryonte: