Tratado médico medieval orienta o combate às epidemias

Os princípios gerais de combate às epidemias estão sistematizados no Regimento de preservação da pestilência, do século XIV. Aplicado contra a Peste Negra pelo Dr. Jaime d’Agramont, catedrático de Medicina, esse ‘protocolo’ compendia medidas, remédios e tratamentos utilizados até hoje.

Nele o autor reuniu medicamentos dos monges medievais, pois a medicina havia se desenvolvido muito nas abadias, ao mesmo tempo que o hospital surgia em Jerusalém no auge das Cruzadas, pelas mãos dos cavaleiros hospitalares, ou seja, a Ordem de Malta.

O Dr. d’Agramont insistiu no auxílio religioso para levantar o ânimo do paciente, e assim mais facilmente vencer a doença.