COLÔMBIA — Tribunais Superiores devem ser revogados e o Acordo de Paz de Havana declarado nulo

COLÔMBIA — Tribunais Superiores devem ser revogados e o Acordo de Paz de Havana declarado nulo

Eugenio Trujillo Villegas * Em decisão histórica, o Supremo Tribunal de Justiça (CSJ) ordenou a prisão preventiva do ex-presidente e senador Álvaro Uribe Vélez, acusado dos supostos crimes de suborno de testemunhas e fraude processual. Essa decisão, sem precedentes no sistema de justiça colombiano, não foi tomada com base em pressupostos de justiça, mas atendendo […]

Uma “justiça” que é o contrário de justiça

Uma “justiça” que é o contrário de justiça

Eugenio Trujillo Villegas * Desde as origens mais remotas da civilização, a justiça é um dos pilares sobre os quais repousa a ordem temporal. Sem ela não é possível viver em paz e harmonia, nem há condições para um verdadeiro progresso. Quando erradicada da ordem social, ausenta-se também um dos pressupostos fundamentais da paz, porque […]

COLÔMBIA: Pressão do Papa Francisco e legítima resistência

COLÔMBIA: Pressão do Papa Francisco e legítima resistência

Nesta sexta-feira (16 de dezembro), a reunião do Papa Francisco com o presidente colombiano Juan Manuel Santos e o ex-presidente Álvaro Uribe no Vaticano [foto acima], para tratar a respeito dos “Acordos de Paz” com os sanguinários guerrilheiros das FARC (“Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colombia”), foi aparentemente surpreendente e seguramente arriscada. Convocação aparentemente surpreendente, pelo […]

FARC e MST

MST destrói fazenda no Pará Hélio Dias Viana (*) Os leitores medianamente informados devem se lembrar que o ex-presidente colombiano Álvaro Uribe, que combateu rijamente as FARC, havia pedido aos demais países que as considerassem como um grupo terrorista. O governo Lula, amigo de regimes terroristas como os de Cuba, Irã e Líbia, se negou a […]

“Espelho meu, espelho meu…”

Hélio Dias Viana Lula dispõe a seu talante, como todo governante populista, de pesquisas encomendadas, acionadas em determinados momentos para tirá-lo de situações embaraçosas. Ainda agora elas foram convocadas e, como na fábula do espelho, ele lhes indagou: “Pesquisas minhas, pesquisas minhas, digam-me se porventura presidente há mais popular do que eu?”. E elas, submissas […]